Esportes

Com bursite, Rogério só deve voltar na Libertadores

Da Redação ·





Por Rafael Reis

SÃO PAULO, SP, 4 de fevereiro (Folhapress) - Desfalque na derrota por 3 a 1 para o Santos, ontem, o goleiro Rogério, 40, só deve retornar ao São Paulo na estreia na fase de grupos da Libertadores, dia 13 de fevereiro, ante o Atlético-MG.

O arqueiro passou por exames, que não constataram nenhuma lesão no ombro esquerdo, mas sim uma bursite. A inflamação, porém, deve ser suficiente para impedir sua escalação no jogo contra a Ponte Preta, quarta-feira, às 22h, pelo Paulista.

Como o técnico Ney Franco já antecipou que não pretende utilizar os titulares ante o Guarani, sábado, para preservá-los para a Libertadores, o retorno de Rogério só deve acontecer no confronto contra os mineiros.

O goleiro ficou afastado do São Paulo por seis meses no ano passado devido a uma cirurgia no outro ombro.

Apoio a Ganso

Um dos destaques do São Paulo no início desta temporada, Jadson saiu hoje em defesa do meia Paulo Henrique Ganso.

O camisa 10 da equipe do Morumbi afirmou que as críticas recebidas pelo ex-santista são injustas e que, com o tempo, Ganso se tornará um ídolo da torcida tricolor.

"O Ganso é um grande jogador do futebol brasileiro. Tem que ter paciência com ele, lembrar que ele veio de uma lesão. Logo vai estar voltando a ser esse grande jogador. E com o tempo, a gente vai se acertar", falou Jadson.

Os dois jogadores têm características semelhantes e costumam atuar na mesma faixa do campo, como principais armadores de suas equipes.

Mas, para ter a dupla em campo, Ney Franco tem improvisado. Ontem, Ganso iniciou o jogo como um meia aberto pelo lado esquerdo. Em outras partidas, Jadson havia sido deslocado para a direita.

Apesar do desempenho ruim de Ganso, ele continuará sendo titular. O treinador diz que manterá os testes com a dupla durante o Estadual.

"[As críticas] São um pouco injustas, sim. Ele logo vai estar em sua melhor forma. Todo mundo vai começar a elogiar o futebol dele", acrescentou Jadson.

 

continua após publicidade