Esportes

Ganso diz que não estava preparado para vaias

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 3 de fevereiro (Folhapress) - O são-paulino Paulo Henrique Ganso voltou hoje pela primeira vez à Vila Belmiro desde a saída tumultuada do Santos. E acabou recebido com hostilidade pela torcida de seu ex-clube. Além da derrota por 3 a 1, o jogador recebeu vaias a cada vez que tocava na bola. Ganso também foi alvo de moedas jogadas no gramado. A torcida do Santos não poupou o jogador de críticas e ofensas, desde palavrões até o coro de "mercenário". Até cédulas falsas de reais com a imagem de Ganso foram distribuídas no estádio. No intervalo, Ganso fez o primeiro desabafo. "Será que eles vão ser punidos por isso? Aposto que não, né?", disse o camisa 8 ao apanhar moedas atiradas contra ele. Os protestos continuaram até o final da partida. "Mudei de lado agora, preparado eu não estava [para as vaias]. Sabia que alguns fariam protesto, mas não a Vila inteira. Mas é assim, vida que segue", lamentou Ganso, que foi abraçado por Neymar e outros ex-companheiros do Santos antes do jogo.  

continua após publicidade