Esportes

Ferrari exibe carro mais arrojado e sem degrau no bico

Da Redação ·
A Ferrari apresentou oficialmente nesta sexta-feira, em sua fábrica em Maranello, na Itália, o seu novo carro para a temporada deste ano da Fórmula 1. O modelo F138 exibiu um design mais arrojado e bonito do que o utilizado em 2012, aposentando também o degrau no bico adotado no ano passado, quando o desenho do modelo não agradou até mesmo os integrantes da própria escuderia. O novo carro da Ferrari ganhou o nome de F138 como resultado de uma combinação do ano de produção do mesmo com o fato desta temporada marcar o último ano que a equipe usará o motor V8 - a partir de 2014 o regulamento da F1 adotará o uso de motores V6 turbo. A apresentação do novo carro da Ferrari contou com a presença da dupla de pilotos titulares formada por Fernando Alonso e Felipe Massa. O brasileiro, por sinal, será o primeiro a andar na pista com o F138. Ele abrirá os trabalhos para a Ferrari na próxima semana, quando acontecerão as baterias iniciais de testes coletivos de pré-temporada da F1, entre os dias 5 e 8 de fevereiro, no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha - o piloto espanhol ficará fora desta primeira semana de testes para aprimorar a sua condição física. Com boa parte de seu desenvolvimento realizado no túnel de vento da Toyota, em Colônia, na Alemanha, o novo carro da Ferrari foi projetado por Pat Fry e Nicholas Tombazis e espera provar que é uma evolução do F2012, carro que só se tornou mais rápido e confiável a partir da segunda metade da temporada do ano passado. "É o primeiro passo de um carro que será diferente a partir do GP da Austrália (prova que abrirá o ano, em 17 de março). É um ponto de partida para um ano com apenas um objetivo: completar a nossa história maravilhosa", disse Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, durante o evento de apresentação do novo carro. Assim como fez a McLaren, que lançou na última quinta o seu novo modelo para 2013, a Ferrari apresentou um carro que conta com uma tampa protetora à frente do bico, enquanto a parte traseira inferior se mostra mais estreita e afilada do que a do F2012. "Nosso principal objetivo é entregar imediatamente um carro competitivo aos nossos pilotos", disse Domenicali, admitindo que no ano passado a escuderia não conseguiu este objetivo e acabou demorando para recuperar a desvantagem amargada no início da temporada em relação aos principais rivais.
continua após publicidade