Esportes

Atlético de Madri bate Sevilla na 1ª semi da Copa do Rei

Da Redação ·
Em uma partida cheia de emoções, com os três gols marcados em cobranças de pênalti e três jogadores expulsos, o Atlético de Madrid saiu na frente na semifinal da Copa do Rei. Nesta quinta-feira, em sua casa, o estádio Vicente Calderón, o time da capital espanhol derrotou o Sevilla por 2 a 1. Na outra chave, o clássico entre Real Madrid e Barcelona ficou no empate por 1 a 1, na última quarta, também em Madri. Com a vantagem obtida nesta partida de ida, o Atlético de Madrid joga por um empate na volta, marcada para o dia 27 de fevereiro, em Sevilha, para avançar à final. Ao Sevilha basta uma vitória por 1 a 0, mas um novo 2 a 1, desta vez para o time de Andaluzia, levará o duelo para a prorrogação e, se necessário, disputa por pênaltis. Depois de um primeiro tempo monótono, o jogo esquentou, em muito, na segunda etapa. Logo aos três minutos, Emir Spahic colocou a mão na bola dentro da área, foi expulso e deu a chance para o Atlético de Madrid abrir o placar. Fato que o brasileiro Diego Costa não desperdiçou no minuto seguinte. No entanto, o uruguaio Diego Godin fez a mesma coisa aos 10 minutos - mão na bola dentro da área, cartão vermelho e pênalti para o Sevilla. O centroavante Alvaro Negredo fez sua parte e empatou o duelo para os visitantes. Para sorte do Atlético de Madrid, o adversário cometeu mais um pênalti aos 26 minutos e novamente Diego Costa cobrou com perfeição para fazer 2 a 1. E o time da capital ainda contou com a ajuda de Fernando Navarro, que foi expulso aos 40 e deixou o Sevilla com nove jogadores em campo, sem chances de qualquer reação.
continua após publicidade