Esportes

Saída de Luan para o Inter é adiada

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 30 de janeiro (Folhapress) - O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, recusou o pedido salarial feito pelo volante Josimar, do Inter, e adiou a saída do atacante Luan para o time gaúcho.

Contestado por parte da torcida, Luan seria trocado por Josimar e um outro jogador do Inter ainda hoje em uma negociação de empréstimo. O volante foi um dos nomes pedidos pelo técnico Gilson Kleina, com quem Josimar trabalhou na Ponte Preta em 2011.

O meia Dátolo e o atacante Rafael Moura também era cobiçados pelo Palmeiras, mas foram vetados pelo Inter.

Por conta da negociação, Luan não foi relacionado para a partida de amanhã, contra o São Bernardo, às 19h30, no Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

"Fizemos uma proposta salarial de 50% de aumento em relação ao que o volante Josimar recebe hoje no Inter, mas ele pediu um acréscimo mínimo de 150% em seus vencimentos, fora as luvas, para defender o Palmeiras", disse Nobre.

"Este tipo de postura que o Palmeiras não vai mais tolerar. Queremos trazer atletas que queiram, de fato, vestir a nossa camisa", completou o dirigente.

O Palmeiras informou que, apesar de a troca de jogadores ter fracassado, a negociação com o Inter continua. Segundo o clube, a diretoria também abriu conversas com outros times interessados em Luan.

A cúpula palmeirense quer fazer o empréstimo de Luan até o fim da temporada e receber jogadores ou dinheiro em troca. A previsão é que a negociação seja concluída até o fim de semana.
 

continua após publicidade