Esportes

Time alvinegro goleia e mantém vice-liderança

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 30 de janeiro (Folhapress) - O Botafogo fez hoje sua melhor partida no ano e goleou o Audax Rio por 4 a 0, em Moça Bonita, pela quarta rodada da Taça Guanabara -o primeiro turno do Estadual. Com a vitória, o time alvinegro soma 8 pontos e ocupa a vice-liderança do grupo A. Já o Audax estacionou nos sete pontos, mas mantém a terceira posição do grupo B. Mesmo em um gramado ruim, o Audax mostrou força e velocidade no início da partida Aos 9min, Andrade arriscou de longe, mas o goleiro Jefferson desviou para fora. O Botafogo cresceu no jogo com rápidas trocas de bola e jogadas pelas laterais. Aos 21min, Vitinho avançou pela direita e tocou para Lodeiro abrir o placar. Aos 34min, o time alvinegro ampliou. Após um desarme no meio-campo, Lodeiro arrancou e tocou para Fellype Gabriel chutar cruzado para fazer 2 a 0. No segundo tempo, o Botafogo definiu o jogo logo no primeiro minuto O segundo tempo começou ainda melhor para o Botafogo. Logo no primeiro minuto, Lodeiro tocou para Vitinho, que chutou para a defesa do goleiro rival. No rebote, a bola sobrou para Bruno Mendes fazer o terceiro. Aos 10min, o time alvinegro fechou o placar com o zagueiro Bolívar, após cobrança de escanteio -foi o terceiro gol do defensor em quatro jogos pelo clube. Na próxima rodada, o Botafogo visita o Macaé, domingo. Na véspera, o Audax enfrenta o Madureira, fora de casa. AUDAX RIO Douglas Leite (Rafael); Adriano, Pedrão, Fabiano Eller e Romário; Andrade, Leandro Bonfim e Nélio (André Castro); Hyuri (Ivan Júnior), Wellington e Denilson. Técnico: Maurício Barbieri BOTAFOGO Jefferson; Gilberto (Jadson), Bolívar, Antônio Carlos e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Fellype Gabriel (Julio Cesar), Lodeiro, Andrezinho e Vitinho (Seedorf); Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira Estádio: Moça Bonita, no Rio Árbitro: Grazianni Maciel Rocha Gols: Lodeiro, aos 21min, e Fellype Gabriel, aos 34min do 1º tempo; Bruno Mendes, a 1min, e Bolívar, aos 10min do 2º tempo Cartões amarelos: Romário, Nélio (A) e Bruno Mendes (B)  

continua após publicidade