Esportes

Em Santos, Robinho evita projetar futuro fora do Milan

Da Redação ·
Depois de o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, ter revelado no último domingo que Robinho pediu para deixar o clube, o atacante evita apontar o seu possível destino enquanto curte este período de festas de fim de ano. De volta ao Brasil após ser vaiado pelos torcedores do seu time durante jogo contra a Roma, no último sábado, pelo Campeonato Italiano, o jogador adotou um discurso neutro ao comentar a disputa entre Flamengo e Santos para contratá-lo. "Tenho contrato com o Milan. Até então sou jogador do Milan. Todos sabem do carinho que eu tenho pelo Santos, porque cresci aqui e tenho uma história muito bonita aqui. Tem o Flamengo, que é um grande clube também. Mas tenho contrato com o Milan e não tem nada decidido", afirmou o jogador, em entrevista para a TV Globo, exibida nesta terça-feira. Robinho falou sobre os seus possíveis destinos durante intervalo de uma partida de futevôlei, na praia da Aparecida, em Santos, e até comentou a atual fase do Milan, deixando a impressão de que ainda não descartou a possibilidade de seguir no clube, embora Galliani já esteja no Brasil para negociar, nos próximos dias, a transferência do atacante. "Claro que o Milan tem de melhorar, a gente está, se não me engano, em oitavo ou sétimo (a equipe figura no sétimo lugar) no Campeonato Italiano, mas a tendência é melhorar", completou o jogador, que já atuou pelo Santos em duas passagens pelo clube. Na última delas, ele ajudou o time a conquistar o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil de 2010. Além de negociar com Flamengo e Santos a possível transferência de Robinho, Galliani também se reunirá nesta quarta-feira com dirigentes do Corinthians, que espera fechar a contratação de Alexandre Pato. Segundo a imprensa italiana, o jogador estaria muito próximo de ser anunciado como reforço do clube do Parque São Jorge, que desembolsaria 15 milhões de euros (cerca de R$ 41 milhões) por 50% de seus direitos.
continua após publicidade