Esportes

Ganhar Copa de 2014 não é impossível, diz Roy Hodgson

Da Redação ·
A Inglaterra só ganhou uma vez uma Copa do Mundo, em 1966, quando jogou em casa, e vem acumulando decepções consecutivas nos últimos Mundiais. Porém, o clima de pessimismo que toma conta de muitos torcedores ingleses quando o assunto é a seleção do seu país não é compactuado pelo técnico Roy Hodgson, que acredita na possibilidade de levar a Inglaterra ao título da Copa de 2014, cujo palco será o Brasil. "Nós estamos longe de sermos um dos favoritos, mas você tem de fugir do 'impossível' no futebol", ressaltou o treinador da seleção inglesa, em entrevista para a BBC, publicada neste domingo no site da rede britânica. O comandante ainda usou o Chelsea como exemplo para justificar a sua fé na seleção inglesa, embora o time nacional tenha ficado bem distante de atingir o sucesso alcançado pela equipe de Londres na temporada passada do futebol europeu. "Não era provável que o Chelsea fosse se tornar campeão da Europa, especialmente por ter mudado o seu técnico no meio da temporada, mas eles conseguiram. E isso aconteceu com vitórias sobre Barcelona (na semifinal da Liga dos Campeões) e Bayern de Munique (na decisão), dois dos melhores times da Europa. Então eu gostaria de manter esse sonho vivo", afirmou Hodgson, se referindo à conquista da Copa de 2014. O fato de os times do Campeonato Inglês estarem repletos de estrangeiros, sendo muitos deles grandes astros das equipes, teve a sua importância minimizada pelo técnico da Inglaterra, que valorizou o grande número de opções que tem para formar a equipe nacional. "Eu sei que existem muitos estrangeiros no campeonato, mas há muitos ingleses também. Havia sete jogadores ingleses atuando pelo Manchester United em um dia desses e eles estão no topo do Campeonato Inglês", lembrou o comandante, enfatizando também que a Inglaterra possui "um monte de jogadores de qualidade". O desempenho da seleção inglesa, entretanto, está longe de acompanhar o status de suas grandes estrelas nos últimos anos. O país foi eliminado pela Itália nas quartas de final Eurocopa de 2012, na qual caiu nos pênaltis, depois de ficar pela primeira vez, desde 1996, entre as oito principais seleções da principal competição do futebol europeu. Já nas Eliminatórias Europeias para a Copa de 2014, a Inglaterra hoje ocupa a segunda posição do Grupo H, dois pontos atrás da seleção de Montenegro, depois de quatro jogos disputados até aqui no qualificatório.
continua após publicidade