Esportes

Manter o Massa foi a escolha certa, diz Montezemolo

Da Redação ·
O brasileiro Felipe Massa passou boa parte da temporada 2012 da Fórmula 1 sendo questionado pelos maus resultados e sem a certeza de que continuaria na Ferrari no ano que vem. Somente em outubro o piloto teve seu contrato renovado até o fim de 2013 e, coincidência ou não, passou a render mais na pista, conseguindo bons resultados na segunda metade do calendário. Para o presidente da escuderia, Luca di Montezemolo, este bom desempenho no segundo semestre prova que manter Massa foi a escolha certa. "O brasileiro evoluiu demais na segunda metade. De fato, na primeira parte da temporada parecia que ele estava dando uma volta pelo mundo de férias", comentou, antes de elogiar a evolução do piloto. "Brincadeiras à parte, acho que a decisão de reconfirmar sua posição na equipe foi a correta. Se tivéssemos uma alteração de pilotos, teríamos que trazer alguém que fizesse a diferença, e não posso dizer que percebi muitos pilotos que podem ser mais rápidos que o Felipe", avaliou. Montezemolo ainda exaltou o bom ambiente de Massa na equipe e lembrou que o piloto chegou a ser inclusive mais rápido que Fernando Alonso, seu companheiro e vice-campeão, na parte final da temporada. O brasileiro acabou o Mundial na sétima posição, com 122 pontos. "Não queríamos mudar o balanço e a boa atmosfera que temos na equipe. Além disso, quando Felipe foi mais rápido do que Fernando em algumas vezes, os pontos que ele marcou foram parte vital para que conseguíssemos nossa posição no Mundial de Construtores", comentou Montezemolo, exaltando a segunda posição da Ferrari - atrás apenas da Red Bull.
continua após publicidade