Esportes

Emerson defende Thiaguinho e reprova atitude de Léo

Da Redação ·





Por Vinícius Bacelar

SÃO PAULO, SP, 19 de dezembro (Folhapress) - O atacante corintiano Emerson comentou a revolta da torcida palmeirense com o cantor Thiaguinho. Ontem, durante a comemoração do título mundial, o pagodeiro provocou os rivais com cânticos ofensivos.

Hoje, ele pediu desculpas. Segundo o atleta, Thiaguinho ficou chateado com repercussão negativa. "Ele é um cara super do bem e não teve a intenção de ofender ninguém", disse no programa "Altas Horas", da TV Globo, que vai ao ar neste sábado.

Questionado sobre a declaração do lateral esquerdo Léo, do Santos, Emerson adotou outro tom. De acordo com o corintiano, o santista passou de todos os limites quando alfinetou a torcida do clube de Parque São Jorge.

"As provocações e apostas fazem parte do futebol. Eu mesmo vivo brincando. Mas quando se tem o microfone é necessário ter cuidado. Ele esqueceu que atrás de uma camisa de um time tem um homem e pai de família", falou.

Após o embarque da delegação do Corinthians para a Ásia, Léo afirmou que "quem está acostumado à rodoviária não pode frequentar aeroporto".

Emerson, então, usou sua conta no Twitter e o microfone na comemoração do Mundial para responder ao rival. Por diversas vezes, em cima do trio elétrico, o atacante disse: "Chupa Léo".

No entanto, o corintiano ressaltou que Léo teve "a grandeza de pedir desculpas".

Mundial

Emerson, ainda protagonizou outro momento durante o programa "Altas Horas". Questionado por uma espectadora corintiana sobre a validade da primeira conquista do clube paulista no Mundial, ocorrida em 2000, no Rio, o atleta respondeu. "É simples. Mande ligar lá na Fifa e perguntar se valeu ou não", disse, em tom de deboche.

Além de Emerson, o goleiro Cássio também foi convidado pelo apresentador Serginho Groisman para a atração.

O atacante falou que ainda está confuso com a diferença de 11 horas do fuso, mas brincou: "Estou de férias. Então está tranquilo. Tanto faz agora", disse.

Considerado melhor atleta do Mundial-2012, o jogador disse que se sente bem no Corinthians e pretende ficar muitos anos no clube.
 

continua após publicidade