Esportes

Indústria reduz produção e estoques programados em novembro

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 18 de dezembro (Folhapress) - A produção industrial e os estoques programados caíram em novembro, segundo levantamento da CNI (Confederação Nacional da Indústria) divulgado hoje.

A pesquisa Sondagem Industrial mostrou que a produção do setor registrou 49,8 pontos no mês passado, abaixo do índice de outubro (54,9 pontos).

Em uma escala que varia de zero a cem pontos, valores acima de 50 indicam evolução positiva da produção industrial. Valores abaixo de 50, retração.

Apesar da interrupção do crescimento da produção, a CNI ressaltou que não houve aumento dos estoques. O índice ficou em 48,9 pontos em novembro, mostrando que os estoques ficaram abaixo do do programado.

Segundo a Sondagem Industrial, a utilização da capacidade instalada foi de 74% no mês passado, mesmo nível de outubro.

O resultado ficou abaixo do esperado para o mês. A utilização efetiva da capacidade instalada em relação ao usual para novembro ficou em 46 pontos, 0,8 ponto abaixo do registrado no mês anterior.

O número de empregados continuou também praticamente estável em novembro, com 49,4 pontos.

Demanda menor

Embora os empresários da indústria continuem otimistas em relação aos próximos seis meses, a expectativa sobre a demanda para os próximos seis meses recuou de 55,7 pontos em novembro para 54,6 pontos neste mês. Segundo a CNI, a queda foi influenciada pela menor atividade que ocorre normalmente no início do ano.

Os índices de expectativas de compras de matérias-primas e de contratações de empregados permaneceram estáveis em dezembro, com respectivamente 52,3 pontos (52,6 pontos em novembro) e 50,7 pontos (50,6 pontos no mês passado). Os números indicam não haver perspectivas de aumento nas contratações da indústria.

A perspectiva para a quantidade exportada nos próximos seis meses, no entanto, subiu em dezembro: 52,6 pontos, contra 51 pontos em novembro.

Metodologia

A Sondagem Industrial ouviu 1.864 empresas entre 3 e 13 de dezembro.

O índice de Sondagem Industrial da CNI é construído a partir de questionários respondidos mensalmente por empresários de indústrias de todo o país. Eles têm de classificar o desempenho de sua empresa em relação ao mês anterior, as perspectivas para o seu negócio para os próximos seis meses e o índice de confiança do empresário naquele mês.

Os índices da pesquisa são calculados em uma escala que varia de zero a cem pontos. Números acima de 50 significam variação positiva para o indicador e abaixo, negativa.
 

continua após publicidade