Esportes

Boca Jrs confia em volta de Bianchi para Libertadores

Da Redação ·
Quatro vezes campeão da Libertadores, mas sem trabalhar como treinador desde 2006, Carlos Bianchi está muito perto de voltar ao Boca Juniors. As duas partes já realizaram duas reuniões, a última delas nesta sexta-feira, acertando as bases de um contrato de três anos entre o treinador e o clube pelo qual fez história. "Seguimos avançando. Estamos muito bem encaminhamos e na terça-feira que vem ele nos dará uma resposta. Hoje (sexta) nos aprofundamos na negociação e estou muito feliz. Sempre fui muito otimista e não penso na possibilidade de um 'não'", disse, na saída da reunião, o presidente do Boca, Daniel Angelici. Junto com Bianchi pode voltar ao Boca Juniors o meia Roman Riquelme, afastado do futebol desde o fim da Libertadores 2012, depois que o clube argentino perdeu a final da competição para o Corinthians. "Ele tem as portas abertas aqui", reforçou Angelici. Em Buenos Aires, a expectativa é enorme pela volta de Bianchi, que deixou o Boca em 2004 com quatro títulos argentinos, três Libertadores e dois Mundiais pelo clube. "Temos a obrigação de ouvir o sócio. Escutamos eles e sabemos que todos querem Bianchi, porque é o técnico mais vitorioso da história. Oferecemos a ele três anos de contrato para que fique até o fim da nossa gestão", comentou o presidente. O Boca Juniors, que está classificado para a Libertadores 2013 por ter sido o clube argentino que mais somou pontos na soma do Apertura e do Clausura, está sem treinador desde o fim da temporada, uma vez que Julio Falcioni não teve seu contrato renovado.
continua após publicidade