Esportes

Aeroporto prepara esquema especial para desembarque corintiano

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 14 de dezembro (Folhapress) - Após a confusão e quebra-quebra dos torcedores durante o embarque da delegação corintiana rumo ao Mundial de Clubes, a concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Guarulhos informou hoje que está planejando um esquema especial para o desembarque da equipe na próxima terça-feira.

De acordo com a concessionária, o esquema contará com a presença da FAB (Força Aérea Brasileira), Polícia Militar do Estado de São Paulo, a Polícia Federal, a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a Receita Federal, a prefeitura e a Guarda Municipal de Guarulhos.

A concessionária já adiantou que o desembarque corintiano não se dará pelos terminais de passageiros, não havendo possibilidade de contato com os jogadores no saguão do aeroporto. A estratégia é comum em situações que podem ter grande aglomeração no local.

O embarque do Corinthians para o Mundial de Clubes, realizado na madrugada do dia 4, terminou em confusão e quebra-quebra. O embarque reuniu aproximadamente 12 mil corintianos.

Para conter os torcedores, a polícia teve que usar bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e balas de borracha. Em resposta, os torcedores jogaram pedras e garrafas de cerveja nos policiais, latas de lixo, arremessaram carrinhos de bagagem e quebraram carros que estavam estacionados no setor de desembarque. Eles também quebraram câmeras de segurança do aeroporto e placas de sinalização. Ao menos quatro pessoas foram detidas, segundo a Polícia Militar.

Na oportunidade, um capitão da PM que pediu para não ser identificado, afirmou que a confusão foi agravada porque o ônibus do Corinthians não seguiu o esquema que havia sido traçado pela PM e pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), em conjunto com a concessionária do aeroporto, e o clube.

Porém, o Corinthians divulgou uma nota oficial negando que tenha alterado o esquema especial para o embarque.
 

continua após publicidade