Esportes

Uefa pune sérvios após confusão em jogo sub-21

Da Redação ·
A Uefa anunciou punições pesadas à seleção da Sérvia nesta quinta-feira por conta da confusão ocorrida durante jogo contra a Inglaterra, em outubro, pelas Eliminatórias da Eurocopa Sub-21, a ser disputada em junho do próximo ano. A partida teve brigas em campo e acusações de racismo por parte dos ingleses. A entidade responsável pelo futebol europeu aplicou uma multa de 80 mil euros à Federação Sérvia de Futebol. Também definiu que a seleção sub-21 jogará a próxima partida das Eliminatórias em casa com os portões fechados, sem torcida, e suspendeu o técnico Andreja Milunovic e o auxiliar Predrag Katic por dois anos. Entre os jogadores, Goran Causic pegou gancho de quatro partidas internacionais, enquanto Ognjen Mudrinski e Filip Malbasic foram suspensos por três jogos. E Nikola Ninkovic ficará afastado em dois confrontos. Eles foram punidos por causa das brigas ocorridas durante e ao fim do jogo, disputado no dia 16 de outubro, na cidade sérvia de Krusevac. Os jogadores da Inglaterra, que denunciaram atitudes racistas dos sérvios durante o jogo, também foram punidos pelo confronto. O defensor Steven Caulker recebeu gancho de dois jogos, enquanto o meia Thomas Ince ficará fora de uma partida da seleção inglesa sub-21. As duas equipes podem recorrer das decisões num prazo de três dias. A confusão na partida entre Inglaterra e Sérvia, vencida pelos ingleses por 1 a 0, teve início quando o meia Danny Rose marcou o único gol do jogo. Ao comemorar, chutou uma bola contra a torcida, em protesto contra supostas manifestações racistas das arquibancadas. A atitude causou revolta dos jogadores sérvios e gerou briga generalizada em campo entre atleta e comissão técnica das duas seleções.
continua após publicidade