Esportes

Brasil se garante na final do 4x200m medley no Mundial

Da Redação ·
O Brasil se deu bem nas eliminatórias desta quinta-feira no Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), que está sendo realizado em Istambul, na Turquia. Os nadadores do País passaram para a final da prova masculina do revezamento 4x200 metros medley. Além disso, obtiveram quatro vagas em semifinais - Nicholas Santos, porém, desistiu de uma delas. O Brasil se garantiu na disputa de medalha do revezamento 4x200 metros medley ao ficar em quarto lugar na sua série e em oitavo na classificação geral, com o tempo de 7min07s40. Thiago Simon abriu (1min48s07), seguido por Fernando Santos (1min44s41), Vinícius Waked (1min46s86) e Samuel Acioli (1min48s06). A Alemanha, com 6min58s67, foi a mais rápida das eliminatórias. A disputa de medalha acontece ainda nesta quinta. Alessandra Marchioro e Larissa Oliveira avançaram às semifinais dos 100 metros livre, que serão disputadas ainda nesta quinta-feira. Alessandra ficou em terceiro lugar na sua série e em nono na classificação geral com 53s95. Larissa marcou 54s27 e se classificou em 16º. A australiana Marieke Ghehrer, com 53s26, terminou as eliminatórias na primeira colocação. "Gostei, igualei com o meu melhor tempo e estou mesmo sentido a respiração porque tenho asma. Agora vou descansar pra tentar baixar esse tempo à tarde e pegar a final", disse Alessandra. Daynara de Paula avançou com o 14º tempo para a semifinal dos 50 metros borboleta, com o tempo de (26s43). A canadense Noemi Thomas foi a mais rápida das eliminatórias, com 25s76. As semifinais serão realizadas ainda nesta quinta. Nicholas Santos foi o sexto mais rápido das eliminatórias dos 50 metros livre, com 21s50, empatado com o norte-americano Antony Ervin, mas decidiu desistir da prova para priorizar os 50 metros borboleta, que terá as semifinais no mesmo dia da final dos 50 metros livre. Já Leonardo Alcover foi eliminado nas eliminatórias ao ficar apenas em 32º lugar (22s10). "Tive uma sensação boa, acho que se fosse para uma final nos 50m livre conseguiria ser competitivo e até disputar uma medalha, mas posso me prejudicar no borboleta, que é uma prova que eu gosto muito de nadar, mas nunca treino nada pra ela. Dessa vez decidi sair um pouco do que estou acostumado e tentar uma coisa diferente, nova. É um desafio pessoal", disse Nicholas. Flávia Delaroli nadou nos 100 metros medley, marcou 1min03s10 e foi eliminada ao ficar apenas em 31º lugar. Ela ainda vai competir nos 50 metros livre antes de se aposentar. "Estou mesmo muito feliz de estar sentindo toda essa adrenalina pela última vez. E é bacana também ver que as meninas que estão aqui já estão na competição com outra postura psicológica porque abrimos uma porta para elas. Está sendo mesmo muito gostoso esse momento", afirmou. Além da final do revezamento 4x200 metros masculino, a natação brasileira disputará outras duas medalhas nesta quinta-feira, a partir das 15 horas. Guilherme Guido vai participar da disputa de medalha dos 100 metros costas e Felipe Lima competirá nos 100 metros peito.
continua após publicidade