Esportes

Grupo de argentinos passa sufoco na chegada ao Morumbi

Da Redação ·

Por Eliano Jorge SÃO PAULO, SP, 12 de dezembro (Folhapress) - Quarenta e duas pessoas, entre familiares de jogadores e dirigentes do Tigre enfrentaram um clima hostil na chegada ao Morumbi. O grupo argentino veio em um ônibus idêntico ao da delegação da equipe e foi alvo de diversos objetos lançados por torcedores do São Paulo. Alguns descreveram o momento como "apreensivo" e disseram ter ficado assustados. Já no estádio, escoltado pela polícia, o grupo percorreu um longo trajeto até chegar ao local destinado à torcida visitante. Deram a volta em todo o Morumbi, passaram pelo estacionamento e saíram outra vez pelos portões até o local destinado aos fãs argentinos. "Precisamos dar a volta no estádio. Jogaram muitos objetos no ônibus, mas nada de grave aconteceu", falou Eduardo Ocampo, secretário do Tigre, que ainda se mostrou preocupado quanto à saída após o jogo.  

continua após publicidade