Esportes

Brasil fica em 6º no 4x100m no Mundial de Istambul

Da Redação ·
Sem conseguir ir ao pódio, a equipe do Brasil ficou em sexto lugar no revezamento 4x100 metros masculino, no Mundial de Natação em piscina curta, em Istambul. Os brasileiros foram mais rápidos do que nas eliminatórias, ao marcar 3min10s72, contra 3min11s93, mas não conseguiram se aproximar dos campeões da prova. Liderada por Ryan Lochte, a equipe norte-americana garantiu a medalha de ouro ao marcar 3min06s40, contra 3min07s07, da Itália, e 3min07s27, da Austrália. O time nacional contou com Guilherme Santos, Fernando Santos, Leonardo Alcover e Vinicius Waked. Principal nadador do Brasil, Cesar Cielo não está participando da competição. Dono do melhor tempo do Brasil na disputa, com 46s79, Guilherme dos Santos se disse animado para a prova individual dos 100 metros livre. "Este tempo me animou muito. Ele é o melhor dos meus últimos seis anos e foi excelente. O revezamento cumpriu o que a gente esperava. Estamos com um time novo e o resultado foi muito bom", afirmou o nadador. Nas provas individuais, Felipe Lima e Guilherme Guido se destacaram nesta quarta nos 100 metros peito e 100 metros costas. O primeiro avançou à final da prova ao obter o quinto tempo da semifinal, com 58s05. João Gomes Junior, também na disputa, não conseguiu avançar no nado peito. "Foi uma prova interessante. Depois que assisti a primeira série vi que a chance de estar na final era grande. Agora a final é outra competição. Quero dar uma descansada e ser a grade 'zebra', surpreender todo mundo e dar o meu melhor resultado", projetou o brasileiro. Guido, por sua vez, completou os 100 metros em 50s98, o sétimo tempo das semifinais. "Gostei mais da prova da manhã porque a técnica foi melhor", avaliou o nadador, que também espera surpreender os rivais na final. "É importante estar nadando com os principais adversários, competir com eles". Uma das promessas do Brasil na natação, a jovem Beatriz Travalon se destacou nos 50 metros peito, mas com o tempo de 30s84, não conseguiu ir à final da prova. "Foi uma emoção diferente, mas estou conseguindo me manter calma e focada na prova", disse a nadadora de 19 anos, que ainda competirá nos 100m e 200m peito e no revezamento 4x100m medley. Mais seis brasileiros vão cair na piscina na manhã desta quinta. Alessandra Marchioro e Larissa Oliveira vão competir nos 100m livre, enquanto Daynara de Paula vai disputar os 50m borboleta e Flávia Delaroli os 100m medley. No masculino, Leonardo Alcover e Nicholas Santos vão competir nos 50m livre. LOCHTE - Além de comandar o revezamento americano, o nadador brilhou também nos 200 metros livre. Ele faturou a medalha de ouro ao marcar o tempo de 1min41s92, deixando para trás o alemão Paul Biedermann, atual recordista mundial da prova - 1min42s07.
continua após publicidade