Esportes

Corinthians projeta atuação mais tranquila na final

Da Redação ·
Passado o nervosismo e a ansiedade da estreia, o Corinthians projeta uma atuação mais tranquila na final do Mundial, domingo, contra Chelsea ou Monterrey. Segundo a análise dos jogadores e do técnico Tite, a responsabilidade da vitória atrapalhou a performance corintiana na vitória sobre o Al Ahly, por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Toyota, no Japão, mas a decisão do título deve ser diferente. "A gente tinha 90 e poucos por cento de responsabilidade de ganhar a partida. O importante hoje era vencer", afirmou o lateral Fábio Santos, ao comentar a sofrida vitória corintiana desta quarta-feira, quando o time egípcio dominou o segundo tempo. "Caso venha o Chelsea, aí muda: a responsabilidade de vencer é do Chelsea. Acredito que nossa equipe estará muito mais tranquila para fazer a final." O discurso dos jogadores foi quase unânime nesta quarta-feira, reconhecendo que o time recuou muito e caiu de produção no segundo tempo, permitindo a pressão do Al Ahly. "A gente fez 1 a 0 e sabia que tinha que jogar com o regulamento debaixo do braço. Mas a gente recuou até demais", avaliou o volante Ralf. Mas todos no elenco corintiano projetam evolução para a decisão do título no domingo. "Agora, na final, tira a ansiedade que houve na primeira partida", disse o também volante Paulinho. "Vamos tentar melhorar para a final", prometeu o zagueiro Paulo André, que ainda garantiu que o frio intenso no Japão e a diferença de fuso horário não interferiram na performance corintiana na estreia. "A gente já está acostumado. Não teve interferência no rendimento da equipe." Segundo Tite, o discurso que ele pretende passar agora para os jogadores já está pronto. "É a possibilidade real do título. A gente chegou nesse estágio", avisou o treinador, projetando a disputa da final do Mundial, marcada para acontecer no domingo, a partir das 8h30 (horário de Brasília), em Yokohama - o segundo finalista sai nesta quinta-feira, no jogo Chelsea x Monterrey.
continua após publicidade