Esportes

Juventus vence e assegura topo; Robinho brilha no Milan

Da Redação ·
A Juventus assegurou a sua permanência na liderança isolada do Campeonato Italiano ao vencer o Palermo por 1 a 0, neste domingo, fora de casa, pela 16.ª rodada da competição. Com a vitória, o time chegou aos 38 pontos e abriu cinco de vantagem sobre o vice-líder Napoli, que enfrentará a Inter de Milão, fora de casa, no último jogo do dia. O gol do triunfo da equipe de Turim foi marcado aos 5 minutos do segundo tempo. Após receber lançamento na entrada da área, Vucinic dominou a bola de costas para a zaga e deu belo passe de calcanhar para Lichtsteiner, que invadiu a área e tocou no canto direito baixo do goleiro para garantir o triunfo da Juventus. Essa foi a 12.ª vitória da Juventus em 16 partidas neste Campeonato Italiano, sendo que a equipe ainda acumula mais dois empates e apenas duas derrotas até aqui. Já o Palermo estacionou no 17.º lugar, com apenas 14 pontos, mesma pontuação do Pescara, que é o 18.º nos critérios de desempate e encabeça a zona de rebaixamento. O Pescara, por sua vez, estava em situação ainda pior até este domingo, quando derrotou o Genoa por 2 a 0, em casa, para ganhar novo fôlego na luta contra o descenso. A derrota deixou a equipe genovesa no penúltimo lugar, com 12 pontos. O Siena, que caiu por 3 a 1 diante do Catania, em seus domínios, amarga a última posição, com 11 pontos. ROBINHO BRILHA - Em outro jogo de destaque encerrado neste domingo no Italiano, o Milan venceu o Torino por 4 a 2, em Turim, em um jogo no qual contou com um belo gol de Robinho. O atacante marcou o primeiro da equipe no confronto, que acabou deixando o time de Milão na sétima posição da tabela, com 24 pontos, enquanto o rival derrotado é apenas o 15.º colocado, com 15. Antes de Robinho marcar, o Torino saiu na frente com um golaço de Santana, aos 28 minutos do primeiro tempo, quando ele recebeu em velocidade, driblou o goleiro Amelia com facilidade e tocou para as redes. Aos 41, porém, Robinho garantiu a igualdade no placar após receber passe pelo lado esquerdo da área, dar linda finta de corpo em um defensor, sem tocar na bola, e chutar cruzado na saída do goleiro. Na etapa final, o Milan virou o placar logo aos 8 minutos, quando Nocerino aproveitou uma bola rebatida de forma errada pelo goleiro adversário após cruzamento da esquerda e cabeceou para o gol. E, já aos 16, Pazzini abriu 3 a 1 após invadir a área pela esquerda, tirar um zagueiro da jogada com um empurrão, em falta não assinalada pelo juiz, e chutar forte para as redes. E o quarto gol do Milan saiu após uma falha do goleiro do Torino, que não agarrou uma bola fácil de defender e a soltou nos pés de El Shaaharawy, que passou pelo adversário e tocou para a meta vazia, aos 31 minutos. Aos 40, Bianchi descontou em belo gol de cabeça, mas já era tarde para qualquer reação. Em outro duelo já encerrado neste domingo na Itália, o Chievo venceu o Cagliari por 2 a 0, fora de casa, e se garantiu na 12.ª colocação, com 18 pontos, enquanto o seu adversário estacionou nos 16, no 14.º lugar.
continua após publicidade