Esportes

Messi treina, não sente dores e deve reforçar o Barça

Da Redação ·
O torcedor do Barcelona pôde respirar aliviado neste sábado. Depois de contundir seu joelho diante do Benfica, na quarta-feira, o argentino Lionel Messi treinou normalmente neste sábado, não sentiu dores e foi relacionado para a partida diante do Betis, que será disputada neste domingo, pelo Campeonato Espanhol. Embora tenha deixado o Estádio Camp Nou chorando na quarta por causa das dores no joelho, Messi teve rápida recuperação e acabou sendo relacionado pelo técnico Tito Vilanova para este domingo. Exames feitos nos últimos dias já haviam mostrado que a lesão não era tão grave quanto acreditava-se. O próprio jogador admitiu no dia seguinte que havia "temido pelo pior" quando sofreu a contusão, em choque com o goleiro Artur. Com a liberação do departamento médico, o argentino terá mais uma oportunidade de se tornar o maior artilheiro de um ano na história do futebol. Messi já marcou 84 gols em 2012 e está a um de igualar a marca de Gerd Müller, que em 1972, quando atuava pelo Bayern de Munique e pela seleção alemã, anotou 85. Caso não consiga empatar ou ultrapassar o recorde, o atacante do Barcelona terá mais três oportunidades antes do fim do ano: contra Córdoba, pela Copa do Rei, Atlético de Madrid e Valladolid, pelo Espanhol. Além do argentino, Tito Vilanova teve mais dois motivos para comemorar neste sábado. O lateral brasileiro Daniel Alves e o atacante chileno Alexis Sánchez também se recuperaram de contusões e estão liberados para enfrentar o Betis.
continua após publicidade