Esportes

Barrichello cogita trabalhar na TV após deixar as pistas

Da Redação ·

Por Milton Pazzi Jr. SÃO PAULO, SP, 7 de dezembro (Folhapress) - O piloto brasileiro Rubens Barrichello disputa domingo a Corrida do Milhão da Stock Car e volta no ano que vem para a Indy, nos EUA. Aos 40 anos, ele diz estar longe de encerrar a carreira e disse ter sentido um prazer inesperado ao participar da transmissão do GP de Interlagos pela Globo. A prova foi disputada no último dia 25 de novembro. Barrichello conversou com o inglês Jenson Button, da McLaren. O brasileiro também tentou desejar boa sorte a Michael Schumacher, de quem foi companheiro de equipe na Ferrari, mas não conseguiu porque o alemão já estava pronto para a saída dos boxes até o grid. "Se tem algo que senti bem, fora corrida, foi isso [trabalhar na TV]. Foi super prazeroso. Teria sido um barato a entrevista com o Schumacher. Como foi natural o que aconteceu ali, ao invés de um dia, poderiam ser vários", afirmou. Ovacionado por torcedores em Interlagos, ele ainda não descarta um retorno à Fórmula 1 -ele deixou a categoria ao final da temporada 2011, quando não teve o contrato renovado pela Williams. "Não considero isso [despedida], como não considerei quando fiz a última corrida na Williams. Não vou me despedir nunca, sou parte do povo", completou. Barrichello fará sua terceira corrida pela Stock Car no domingo -a prova em São Paulo encerra a temporada. Em Curitiba, ele foi o 22º colocado e, em Brasília, acabou na 14ª posição. Na Indy, ele ainda negocia com quatro equipes para a temporada 2013.  

continua após publicidade