Esportes

Sharapova cogita jogar em Florianópolis em 2014

Da Redação ·
Musa do tênis e atual número dois do mundo, Maria Sharapova poderá voltar ao Brasil para disputar jogos oficiais em 2014. A russa admite a possibilidade de disputar o torneio da WTA que começará a ser disputado em Florianópolis a partir de fevereiro do próximo ano.

"Não está na minha agenda, que já está fechada para a próxima temporada. Mas vou levar em consideração para 2014", avisa a atual campeã de Roland Garros. Em sua primeira edição, a competição a ser realizada em Santa Catarina poderá contar com a australiana Samantha Stosur, atual nona colocada do ranking. O torneio no Brasil, que ficou sem competições da WTA durante 11 anos, é de nível International, tem premiação de US$ 220.000 e está abaixo, em importância, das competições de nível Premier e Grand Slam. A disputa acontecerá na capital catarinense entre os dias 25 de fevereiro e 3 de março. Em sua segunda visita ao Brasil, Sharapova fez elogios à dedicação dos brasileiros ao esporte. "Este País merece ter grandes eventos com grandes nomes do tênis. E é por isso que estou tão feliz em ter feito essa viagem. Para os fãs, ver os atletas em ação ao vivo é muito diferente do que ver pela televisão. Então eu gostaria de jogar um torneio aqui, mas ainda não sei quando", afirmou, sem projetar datas. Sharapova, que não chegou a entrar em quadra em sua primeira visita ao Brasil, veio a São Paulo para participar do Gillette Federer Tour, que conta com uma série de jogos-exibição de quinta-feira até domingo. A russa jogará apenas uma partida, nesta sexta-feira, às 19h30, no Ginásio do Ibirapuera, contra a dinamarquesa Caroline Wozniacki. Será um confronto de duas tenistas Top 10, uma vez que Wozniacki aparece na 10ª colocação. Mas Sharapova prefere minimizar a rivalidade. "Não acho que importa quem é a favorita, o importante é estar num lugar como São Paulo, onde não jogamos tanto, mostrar um bom tênis para fãs que talvez não tivessem outra chance de nos ver e se divertir um pouco também", declarou a russa. "Os fãs brasileiros são tão apaixonados pelo esporte, pelo futebol. Você sente aquela energia e acho que será muito especial."

continua após publicidade