Esportes

Júnior César não desiste de título, mas mira vaga direta

Da Redação ·
No discurso, o Atlético-MG segue dizendo que não desiste de brigar pelo título brasileiro. Mas, com a derrota para o Coritiba, são nove pontos separando a equipe mineira do Fluminense, com 12 ainda em jogo. Na prática, a meta da equipe alvinegra é terminar a competição à frente de Grêmio e São Paulo, o que lhe garantiria uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. O discurso do lateral-esquerdo Júnior César, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira na Cidade do Galo, reflete bem essa situação. "Matematicamente, o campeonato ainda te dá a possibilidade de brigar pelo título. Enquanto houver tiver o mínimo de chance, vamos brigar, até pela responsabilidade que temos com a camisa do Atlético, por tudo aquilo que criamos no ano todo", disse ele, contando que o time ainda sonha com o título. Depois, ele confirmou que a meta é terminar a competição em segundo. "Nosso objetivo é ir direto para a Libertadores, por tudo que a gente construiu no Campeonato Brasileiro. Quando você briga pelo título, o mínimo que você pode dar ao seu torcedor é a vaga direta na Libertadores, pela campanha que a gente fez, pelo empenho do torcedor" comentou. A classificação do Brasileiro aponta o Atlético a nove pontos do Fluminense, com 64. Logo atrás estão Grêmio e São Paulo, respectivamente com 63 e 59. No domingo, os dois times se enfrentam e podem embolar ainda mais a briga, enquanto o time mineiro visita o decadente Vasco, que vem de seis derrotas seguidas. "Quando o Vasco veio jogar contra a gente, estava brigando para ser campeão. Agora, está em um momento difícil, com troca de treinador e vindo de algumas derrotas. Jogar em São Januário é sempre complicado e será um jogo difícil, mas vamos nos preparar bem para fazer um bom jogo e conseguir os três pontos", concluiu o lateral.
continua após publicidade