Esportes

Max Biaggi anuncia aposentadoria da motovelocidade

Da Redação ·
Atual campeão mundial da categoria Superbike, o italiano Max Biaggi anunciou nesta quarta-feira, em entrevista coletiva no circuito de Vallelunga, nos arredores de Roma, a sua aposentadoria da motovelocidade. O experiente piloto de 41 anos acumulou seis títulos em duas diferentes categorias e confirmou o adeus às pistas no mesmo local onde iniciou a sua carreira, em 1991. No mês passado, em Magny-Cours, na França, Biaggi se tornou campeão da Superbike pela segunda vez, depois de ter conquistado por quatro oportunidades o Mundial de 250cc, de forma consecutiva entre 1994 e 1997. Em seguida, ele correu pela categoria 500cc, que depois passou a ser substituída pela MotoGP, entre 1998 e 2005. Nesta categoria máxima das motos, embora não tenha conquistado nenhum título, ele obteve 13 vitórias e chegou a ser vice-campeão em 1998, ficando atrás apenas de Michael Doohan. "Eu realmente quis essa entrevista coletiva porque é um importante momento para Biaggi como pessoa. Ele abandona esse mundo (da motovelocidade) como campeão do mundo, um homem do esporte, que deixa a história do esporte das motos para dar lugar ao Biaggi que há dentro, fora do esporte", disse o italiano, lembrando que precisa se dedicar à família como "homem e pai". Biaggi admitiu que, mesmo aos 41 anos de idade, a decisão pela aposentadoria foi muito difícil para ele. "A última noite foi a mais longa da minha vida. Nada será mais como antes, mas estou sereno porque era uma decisão que eu queria tomar, que não fui forçado a tomar", completou, para depois revelar que tem conversado com a Aprilia, equipe pela qual teve grande sucesso, para assumir uma provável parceria de colaboração com a escuderia agora fora das pistas.
continua após publicidade