Esportes

Brasil vence e avança como líder no Mundial de Futsal

Da Redação ·
A seleção brasileira sofreu um pouco, mas confirmou o seu favoritismo diante de Portugal ao vencer por 3 a 1, nesta quarta-feira, na cidade de Nakhon Ratchasima, na Tailândia, pela última rodada da primeira fase do Mundial de Futsal. Com o resultado, o país avançou às oitavas de final da competição com 100% de aproveitamento e como líder do Grupo C, com nove pontos ganhos, depois de ter goleado o Japão por 4 a 1 e a Líbia por 13 a 0 em seus dois primeiros confrontos. Simi, Fernandinho e Neto marcaram os gols brasileiros nesta quarta, que neste Grupo C ainda contou com a vitória dos japoneses sobre os líbios, por 4 a 2, no outro duelo que fechou a chave. Mesmo com a vitória, o Japão ficou em terceiro lugar, enquanto os portugueses, com os mesmos quatro pontos da seleção oriental, avançaram às oitavas de final como vice-líderes por possuírem melhor saldo de gols. Sem nenhum ponto ganho em três partidas, a Líbia está eliminada. Classificado de forma invicta, o Brasil agora espera pela definição do seu próximo rival no Mundial, que ainda dependerá da definição das posições das outras chaves. Os brasileiros terão pela frente um dos três melhores terceiros colocados dos Grupos A, B ou F. O confronto a ser definido será na próxima segunda-feira, às 9h30 (horário de Brasília). No duelo desta quarta, o Brasil não contou mais uma vez com o astro Falcão, que sofreu uma contusão muscular na estreia do Mundial. E, sem a sua maior estrela, a seleção encarou um rival que jogou de igual para igual e travou um primeiro tempo muito equilibrado com a equipe comandada por Marcos Sorato. Os brasileiros só foram abrir o placar aos 11 minutos do primeiro tempo. Após boa trama do ataque, Fernandinho tocou de cabeça para Simi completar para as redes. Menos de dois minutos depois, porém, após tabela com Ricardinho, Cardinal empatou para os portugueses. E o equilíbrio continuou até o fim do primeiro tempo e seguiu sendo uma tônica do segundo. Mas, aos oito minutos, Fernandinho reeditou nova tabela com Simi, que retribuiu o presente da etapa inicial ao companheiro ao tocar para ele apenas completar para o gol vazio. Em seguida, a situação portuguesa se complicou um pouco mais quando o goleiro João Benedito colocou a mão na bola fora da área, ao tentar evitar um chapéu de um brasileiro, e acabou sendo expulso. Com um a menos em quadra, Portugal conseguiu suportar a pressão dos brasileiros, mas não teve sucesso na busca pelo empate e ainda sofreu o 3 a 1 a 45 segundos do fim. Neto aproveitou passe errado do goleiro linha português e, do campo de defesa, chutou para o gol vazio para decretar o placar final.
continua após publicidade