Esportes

Portuguesa prega união para escapar do rebaixamento

Da Redação ·
Nem mesmo o jejum de vitórias e os quatro jogos seguidos sem marcar gols são capazes de abalar a confiança do elenco da Portuguesa. Na reapresentação do elenco, nesta terça-feira, os jogadores apoiaram seus discursos na união do grupo para eliminar os riscos de rebaixamento no Brasileirão. Um dos porta-vozes da Lusa, o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro garantiu que não faltará luta ao time nestas últimas rodadas. "O momento é delicado, mas nós, jogadores, estamos preparados e esperamos que essa situação se resolva logo", afirmou. A Portuguesa vem de uma sequência de seis jogos sem vencer, sendo quatro empates e duas derrotas. Curiosamente, este é o mesmo número de partidas que o atacante Bruno Mineiro não marca gols. Ele anotou três gols na goleada sobre o Sport, por 5 a 1, a última vitória do time do Canindé. "Sei que vou voltar a marcar. E espero que seja agora lá no Rio de Janeiro", comentou o artilheiro, empacado nos 14 gols. Após a última derrota para o Bahia, por 1 a 0, em casa, a Lusa caiu para a 15ª colocação, com 40 pontos. Tem quatro pontos a mais que o Sport, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento. Para manter a diferença confortável para o time pernambucano, o clube paulista terá a difícil missão de encarar o Botafogo, no próximo sábado, no Rio de Janeiro. Depois vai enfrentar os dois representantes gaúchos, recebendo o Grêmio e visitando o Internacional. Na última rodada encara a Ponte Preta no Canindé.
continua após publicidade