Esportes

Absolvido, Fred fica livre para defender clube carioca

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 5 de novembro (Folhapress) - O atacante Fred foi absolvido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e está livre para defender o Fluminense nas últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro. Artilheiro do Nacional, Fred corria o risco de ser suspenso por até três partidas. O jogador foi julgado após se envolver em uma confusão com o lateral do Atlético-MG, Júnior César. O episódio aconteceu na saída de bola do clube carioca após o time mineiro marcar o gol da vitória sobre o Fluminense por 3 a 2, em jogo realizado no dia 21 de outubro. "Eu não tive a intenção de dar tapa e sim de escorar. Acabou gerando aquela discussão e ele [Júnior Cesar] caiu. Logo após ele disse que não teve nada. Eu fui mais para escorar. Quando ele veio eu coloquei a mão para escorar, mas não vi onde pegou a mão", disse Fred em seu depoimento no STJD. O árbitro Jaílson Freitas, que apitou a partida e não puniu Fred, também foi julgado e acabou absolvido. Ele corria o risco de ser suspenso de de 30 a 180 dias, além de pagar uma multa no valor de R$ 100 a R$ 1.000. O Atlético-MG também foi julgado hoje e absolvido pelo STJD. O clube foi julgado por faixas e mosaico exibidos por seus torcedores durante o jogo contra o Fluminense. Na oportunidade, a torcida do clube mineiro exibiu um mosaico com a sigla da CBF de cabeça para baixo, nas cores do Fluminense. O clube corria o risco de ser multado entre R$ 100 a R$ 100 mil.  

continua após publicidade