Esportes

Perto da queda, Figueirense demite Márcio Goiano

Da Redação ·
Faltando quatro rodadas para o fim do Brasileirão, a diretoria do Figueirense anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Márcio Goiano. O time catarinense, que está perto do rebaixamento, será comandado por Fernando Gil, dos juniores, nos últimos jogos deste ano. Goiano, que tinha contrato até maio de 2013, deixará o clube junto do auxiliar técnico Benevan Ribeiro dos Santos. Substituto de Hélio dos Anjos, demitido em agosto, o treinador acumulou quatro vitórias, três empates e sete derrotas em 14 partidas à frente do Figueirense. Ex-jogador do time e ídolo da torcida, Márcio Goiano era uma das últimas esperanças da diretoria na tentativa de evitar o rebaixamento. O treinador foi o responsável por comandar a equipe que conquistou o vice-campeonato da Série B e o consequente retorno à Série A, em 2010. No entanto, o treinador não conseguiu repetir o bom desempenho nesta sua segunda passagem pelo time. O Figueirense ocupa a penúltima posição da tabela, com apenas 29 pontos, a 11 de distância do Bahia e da Portuguesa, primeiros times fora da zona da degola. Assim, os catarinenses precisam de uma improvável combinação de resultados nos próximos quatro jogos para evitar a queda. Márcio Goiano foi o terceiro técnico a comandar o Figueirense nesta edição do Campeonato Brasileiro. Antes de Hélio dos Anjos, o time catarinense contou com Argel Fucks nas primeiras rodadas da competição.
continua após publicidade