Esportes

Sonhando com G4, Botafogo quer vitória sobre Palmeiras

Da Redação ·
Se quiser retornar à Copa Libertadores depois de 17 anos, o Botafogo vai ter que vencer até o fim do Campeonato Brasileiro. O momento é bom, com três vitórias sobre Vasco, Figueirense e Atlético Goianiense. O desafio agora será derrotar o desesperado Palmeiras, a partir das 17 horas, em Araraquara (SP), sem o seu melhor jogador. O holandês Seedorf sofreu um estiramento contra o Atlético e deixou o campo chorando por desfalcar o time em momento crucial do ano. Não é surpresa ter viajado com o grupo para contribuir fora de campo no confronto contra o Palmeiras, que precisa vencer a todo custo se quiser ter boas chances de evitar a queda para a segunda divisão. O técnico Oswaldo de Oliveira está entre dois homens para substituir o holandês. Depois de um bom coletivo na última quarta-feira, Vitor Júnior tem a vantagem sobre Fellype Gabriel para entrar no time titular. "Gostei muito do treinamento do Vitor Júnior. Ele é um jogador rápido, criativo, de drible fácil, que passa rápido da defesa para o ataque. Com o Fellype Gabriel, ganhamos um jogador com visão tática, inteligente", analisou o treinador. A preocupação maior de Oswaldo de Oliveira, porém, não gira tem torno dos desfalques e possíveis substitutos. O comandante alvinegro está preocupado que influência terá sobre a arbitragem a polêmica surgida no último jogo do Palmeiras, a derrota por 2 a 1 para o Internacional, quando Barcos usou a mão na tentativa de marcar um gol. A partida está sub judice. "Não deveria temer, mas dadas as circunstâncias, fico preocupado sim. Quero crer que a arbitragem vai se esforçar para que jogos anteriores não tenham interferência neste", comentou o técnico botafoguense. O lateral-direito Lucas pode ser outro desfalque. Ele passou a semana com uma virose e vai ser avaliado horas antes da partida. Caso não possa atuar, Jadson joga no lado direito.
continua após publicidade