Esportes

Botafogo treina sem Elkeson e Fellype Gabriel

Da Redação ·
Em recuperação de lesão muscular, o meia Seedorf foi ao campo anexo do Engenhão, ontem, mas apenas para acompanhar o treinamento dos demais companheiros. O estiramento na coxa direita deverá deixar o holandês de fora do time até a partida contra o Sport, dia 18. Mas Seedorf estava de bom humor e contagiou o grupo para o duelo com o Palmeiras, domingo, em Araraquara. "O Seedorf é um grande jogador, dependemos um pouco dele, mas sabemos que quem suprir a ausência dele o fará da melhor maneira possível", comentou o volante Gabriel, que credita ao craque veterano sua evolução técnica. "Nós temos um grupo de grande qualidade e quem entrar vai dar conta do recado. Vamos tentar continuar essa sequência boa de vitórias (sem o Seedorf)". Ciente de que seu principal jogador será desfalque prolongado, o técnico Oswaldo de Oliveira se preocupou mais ao ver Elkeson e Fellype Gabriel fora da atividade, com dores musculares. O caso deles é dia-a-dia e a decisão de sua liberação para o confronto com os paulistas dependerá de sua participação no treino de hoje. O lateral Lucas também foi ausência, com uma virose. Enquanto isso, a diretoria busca uma solução para o caso de Jobson. O controverso atacante está morando na sede do clube, em General Severiano, por, segundo ele, não receber salários há dois meses. "O Jobson tem no máximo dez dias de atraso de salário e o Botafogo vai resolver na próxima semana", rebateu o gerente de futebol Anderson Barros, que se mostrou incomodado com o fato de o jogador estar acomodado nas dependências do clube. "Ele está morando na concentração até por necessidades do próprio atleta. Mas essa é uma situação que não deverá se repetir, que a gente deve encerrar".
continua após publicidade