Esportes

Jerzy Janowicz elimina Murray no Masters de Paris

Da Redação ·
O desconhecido tenista polonês Jerzy Janowicz foi responsável por mais uma grande surpresa no Masters 1000 de Paris. Apesar de ocupar apenas a 69ª colocação do ranking, ele eliminou o escocês Andy Murray nas oitavas de final do torneio francês, ao ganhar de virada nesta quinta-feira por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 7/6 (7/4) e 6/2. Antes de Murray, o Masters de Paris já tinha perdido seus dois outros favoritos ao título: o suíço Roger Federer desistiu do torneio por cansaço e o sérvio Novak Djokovic foi eliminado pelo norte-americano Sam Querrey logo na estreia. Agora, o principal cabeça de chave passa a ser o espanhol David Ferrer, atualmente em quinto lugar no ranking. Número 3 do mundo, Murray teve a chance de fechar o jogo quando vencia o segundo set por 5 a 4 e estava com o saque na mão. Mas Janowicz conseguiu reagir e virou o placar, finalizando a vitória em 2 horas e 25 minutos. Agora, o polonês espera a definição de seu adversário nas quartas de final, que será o argentino Juan Monaco ou o sérvio Janko Tipsarevic. O primeiro confronto já definido das quartas de final em Paris será entre o francês Gilles Simon e o checo Tomas Berdych. O tenista da casa, atualmente em 20º lugar no ranking, nem precisou jogar nesta quinta-feira, pois seu adversário, o japonês Kei Nishikori, abandonou a disputa do torneio por causa de uma contusão no tornozelo direito. Berdych, por sua vez, teve um certo trabalho para confirmar o favoritismo nas oitavas de final. Número 6 do mundo, o checo precisou de 2 horas e 12 minutos para derrotar o sul-africano Kevin Anderson, que ocupa o 39º lugar no ranking e foi algoz do brasileiro Thomaz Bellucci na estreia. O placar do jogo desta quinta-feira foi 1/6, 6/3 e 6/4. BRASIL - O brasileiro Bruno Soares estreou com vitória na chave de duplas do Masters de Paris. Jogando ao lado do austríaco Alexander Peya, com quem vem colecionando bons resultados no segundo semestre, ele venceu nesta terça-feira o mexicano Santiago Gonzalez e o norte-americano Scott Lipsky por 6/4, 3/6 e 10/5, em 1 hora e 19 minutos de jogo. Embalado pelos três títulos conquistados nos últimos quatro torneios que disputou ao lado de Peya (Kuala Lumpur, Tóquio e Valência), Bruno Soares terá agora um confronto brasileiro já pelas quartas de final do Masters de Paris. Ele enfrentará Marcelo Melo, com quem também costuma jogar, que, dessa vez, está fazendo dupla com o croata Marin Cilic.
continua após publicidade