Esportes

Tsonga ganha confronto francês na estreia em Paris

Da Redação ·
Principal esperança de título da torcida local, o tenista francês Jo-Wilfried Tsonga teve muito trabalho para confirmar seu favoritismo na estreia do Masters 1000 de Paris, nesta terça-feira, na França. Diante do compatriota Julien Benneteau, ele precisou de 2 horas e 24 minutos para vencer por 2 a 0, com 6/2, 4/6 e 7/6 (7/2). Número 7 do mundo, Tsonga entrou no torneio como o sexto cabeça de chave. Assim, começou a disputa já diretamente na segunda rodada, quando encarou nesta terça-feira um francês que está em 37º lugar no ranking. Agora, ele espera seu próximo adversário, que sairá do confronto espanhol desta quarta entre Albert Ramos e Nicolas Almagro. Também nesta terça-feira, foram definidos os adversários de estreia dos dois principais favoritos ao título do torneio. Número 2 do mundo, o sérvio Novak Djokovic vai enfrentar o norte-americano Sam Querrey, enquanto o escocês Andy Murray, que ocupa o terceiro lugar no ranking, jogará contra o francês Paul-Henri Mathieu. Querrey avançou para a segunda rodada, quando estreiam os dois principais favoritos, depois do abandono do espanhol Fernando Verdasco, que desistiu da partida no começo do segundo set. Já Mathieu teve um pouco mais de trabalho nesta terça-feira, mas venceu o também espanhol Roberto Bautista por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 7/5. A torcida francesa ainda pôde comemorar mais duas vitórias nesta terça-feira em Paris. Michael Llodra derrotou o espanhol Daniel Gimeno-Traver por 7/5 e 6/3 e Jeremy Chardy ganhou do também espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 6/0 e 6/3. Em compensação, o francês Benoit Paire perdeu para o japonês Kei Nishikori por 7/6 (7/2) e 6/2. Em outros resultados do dia, o suíço Stanislas Wawrinka eliminou o argentino Carlos Berlocq por 6/3 e 6/2, o polonês Jerzy Janowicz derrotou o croata Marin Cilic por 7/6 (8/6) e 6/2, o holandês Igor Sijsling venceu o ucraniano Alexandr Dolgopolov por 6/4 e 6/2 e o búlgaro Grigor Dimitrov ganhou do austríaco Jurgen Melzer por 7/6 (7/2) e 6/2.
continua após publicidade