Esportes

Em casa, atleticanos tentam se reaproximar do líder

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 30 de outubro (Folhapress) - Vice-líder do Nacional, o Atlético-MG precisa vencer o Flamengo amanhã para se reaproximar do Fluminense e manter viva a chance do título brasileiro. A partida acontece às 21h50, no Independência, em Belo Horizonte, no encerramento da 33ª rodada do Nacional.

Na rodada anterior, também em casa, o Atlético-MG venceu o Fluminense por 3 a 2 e chegou aos 63 pontos, diminuindo a vantagem do rival carioca para seis pontos. Porém, na última quinta-feira, o time das Laranjeiras venceu o Coritiba por 2 a 1, no Rio, e reabriu nove pontos de diferença na ponta.

Com apenas mais seis jogos a disputar, só a vitória interessa amanhã ao time do técnico Cuca. Suspenso e emprestado pelo Flamengo ao Atlético-MG, o lateral esquerdo Junior Cesar está fora da partida. O substituto será Richarlysson.

No meio-campo, o astro Ronaldinho está confirmado mais uma vez contra seu ex-clube. Mas o camisa 49 evita polêmicas com o time da Gávea, já que está envolvido em uma disputa judicial milionária com a equipe rubro-negra.

"O jogo é especial porque nos dá a possibilidade de continuar sonhando com o título e não tem motivação maior que essa", afirmou Ronaldinho. "É um jogo que vale três pontos, um jogo de muita importância para a nossa equipe e que está sendo encarado dessa forma", acrescentou.

Para o Flamengo, uma vitória na capital mineira pode significar o fim do risco de rebaixamento. Com 40 pontos, o time do técnico Dorival Júnior vem de vitória em casa sobre o São Paulo e mira uma sequência vitoriosa no final do Brasileiro para terminar a competição entre os dez melhores times -hoje, é apenas o 14º colocado.

"Sabemos que vai ser um jogo complicado devido ao momento do Atlético, que esta brigando pelo título. Mas, por outro lado, sabemos da nossa qualidade e que uma vitória pode nos dar uma tranquilidade muito melhor nesse fim do campeonato", disse o veterano Liedson, que será titular no ataque ao lado de Vagner Love.



ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Guilherme, Bernard e Ronaldinho; Jô. Técnico: Cuca



FLAMENGO

Felipe; Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Amaral, Ibson, Renato e Cleber Santana; Liedson e Vagner Love. Técnico: Dorival Júnior



Estádio: Independência, em Belo Horizonte

Horário: 21h50

Árbitro: Sandro Meira Ricci
 

continua após publicidade