Esportes

Djokovic fechará 2º ano seguido como número 1, diz ATP

Da Redação ·
A ATP confirmou nesta segunda-feira que Novak Djokovic vai terminar este ano como número 1 do ranking masculino do tênis. O sérvio perdeu em julho a condição de líder da lista para o suíço Roger Federer, mas retomará a dianteira quando a relação for atualizada na próxima semana. Nesta segunda, a ATP explicou que Federer vai descartar os pontos dos títulos do Torneio da Basileia, do Masters 1000 de Paris e do ATP Finals, conquistados no ano passado, na próxima atualização da lista. O suíço foi vice-campeão na Basileia no último domingo, ao perder a decisão para o argentino Juan Martin del Potro, e decidiu não jogar nesta semana em Paris.

Assim, Federer não terá condições de somar pontos suficientes para ultrapassar Djokovic e terminar o ano na liderança do ranking, independentemente do seu desempenho no ATP Finals, que reunirá os oito melhores tenistas da temporada em Londres.

A condição de número 1 do mundo ao final desta temporada tornará Djokovic o primeiro tenista a terminar dois anos consecutivos como líder do ranking da ATP desde que Federer completou quatro temporadas seguidas nessa condição, entre 2004 e 2007. Djokovic será oficialmente coroado como o número 1 deste ano, durante a apresentação do ATP Finals, em Londres, na próxima semana.

Neste ano, Djokovic acumula 70 vitórias e apenas 11 derrotas. O tenista sérvio foi campeão do Aberto da Austrália, dos Masters 1000 de Miami, de Toronto e de Xangai e do Torneio de Pequim. Além disso, foi vice-campeão do US Open e de Roland Garros.

continua após publicidade