Esportes

Com pouco combustível, Massa lamenta corrida 'difícil'

Da Redação ·
Após fazer uma corrida discreta, sem ir além do sexto lugar, Felipe Massa revelou ter enfrentado um problema com combustível durante quase todo o GP da Índia, neste domingo. Esta limitação fez o brasileiro correr sob a pressão do finlandês Kimi Raikkonen, sétimo colocado, e ainda impediu suas investidas sobre o carro de Jenson Button. "Foi uma corrida muito dura, do início ao fim. Depois de umas 20 voltas, já tive a informação de que teria de salvar combustível. Então, durante a maior parte da prova, tive de poupar gasolina. Não podia soltar o carro e ainda tinha sempre a ameaça de Kimi [Raikkonen], bem atrás de mim". Mesmo cauteloso, Massa chegou a levar um susto de Raikkonen ao fazer sua parada nos boxes para trocar pneus. O finlandês aproveitou a saída lenta do brasileiro do pit stop e fez a ultrapassagem. O brasileiro, então, usou o DRS (sistema de asas ajustáveis) para recuperar terreno e retomar o sexto lugar. "Consegui voltar dos boxes na frente, mas o deixei passar na curva 3, porque ele estava muito próximo e eu queria usar o DRS na reta. Acho que ele percebeu isso, mas aí já era tarde demais e eu tive a vantagem e consegui sobreviver", explicou o brasileiro. "Não foi o resultado que eu esperava, mas pelo menos pude somar alguns pontos no Mundial de Construtores".
continua após publicidade