Esportes

Botafogo pega lanterna para seguir vivo por Libertadores

Da Redação ·
Duas vitórias seguidas reacenderam em General Severiano a esperança por retornar à Copa Libertadores depois de 17 anos. Mas a missão ainda é difícil. Para lá chegar, o Botafogo precisa vencer os últimos seis jogos e terminar o Campeonato Brasileiro com oito vitórias consecutivas. O adversário deste sábado, pelo menos, parece adequado para manter a chama acesa. O lanterna Atlético Goianiense vem ao Engenhão para enfrentar o time alvinegro carioca, a partir das 18h30. Obter tal sequência de triunfos em uma competição tão disputada como o Brasileirão não é tarefa fácil. Poucos times conseguem uma série assim em quaisquer circunstâncias, mas existe um exemplo que anima os botafoguenses. Em 2009, em situação muito mais crítica, o Fluminense evitou a queda para a Série B com nove vitórias nos últimos 10 jogos. "Não é impossível. No futebol tudo pode acontecer. O Fluminense tinha 4% de chance de permanecer na primeira divisão e conseguiu. A gente pensa jogo a jogo. Enquanto houver chance vamos buscar", destacou o meia Andrezinho. Com 47 pontos, o Botafogo está oito atrás do São Paulo, o quarto colocado. Além do rival tricolor paulista, os cariocas precisam superar o Vasco (50) e o Internacional (48). "A gente está crescendo no momento certo. Temos que pensar jogo a jogo. Não adianta ficar pensando nos concorrentes à Libertadores", disse Andrezinho. Para o duelo contra o virtualmente rebaixado time goiano, o técnico Oswaldo de Oliveira conta com a volta do atacante Elkeson e do lateral-esquerdo Márcio Azevedo ao time titular. O zagueiro Fábio Ferreira, após longa inatividade por lesão, fica no banco de reservas.
continua após publicidade