Esportes

São Paulo traça meta de pontos para se garantir no G4

Da Redação ·
A matemática do São Paulo é simples: conquistar 13 dos 18 pontos ainda em disputa garante o time no G4 e tiram qualquer possibilidade de o Vasco roubar a vaga na reta final. Se atingir 68 pontos, o pior cenário possível faria o time ficar empatado com os cariocas. No entanto, como tem três vitórias a mais (primeiro critério de desempate), a classificação estaria assegurada. "Faltando seis rodadas, se sairmos do G4, dificilmente voltamos. Essa folga na pontuação é importante, a vitória do Inter (contra o Vasco) nos ajudou. Nossa situação é favorável", explicou Rogério Ceni. Se os vascaínos tivessem vencido os gaúchos em São Januário, a diferença estaria em dois pontos e o São Paulo poderia até mesmo encerrar a rodada fora do pelotão principal. Agora, quer somar o maior número possível de pontos para evitar um deslize fatal. Três jogos (Fluminense, Náutico e Corinthians) serão com mando tricolor - o clássico deve ser em Barueri, porque o Morumbi vai receber show da cantora Madonna. Além do Sport, o São Paulo enfrenta Grêmio e Ponte Preta fora de casa. Segundo melhor mandante da competição, o time enxerga nos duelos longe do Morumbi o ponto vital para assegurar a classificação. Até agora, o desempenho tem sido modesto: 15 pontos em 16 jogos. "Poderíamos estar em uma situação melhor no campeonato se tivéssemos um desempenho melhor fora de casa, temos ido muito abaixo do que podemos. Temos três jogos em casa e três fora, nos nossos mandos de campo precisamos manter a média desse campeonato e longe do Morumbi precisamos pontuar, é assim que precisamos pensar", projetou o técnico Ney Franco.
continua após publicidade