Esportes

Ponte bate Cruzeiro e fica perto de se garantir na elite

Da Redação ·
A Ponte Preta deu um grande passo para a sua permanência na elite do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira, ao derrotar o Cruzeiro por 1 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, na abertura da 33.ª rodada. O gol solitário foi marcado pelo atacante Roger, que encerrou um jejum de 14 jogos e quase três meses sem balançar as redes. Com o resultado, o time campineiro alcançou a segunda vitória consecutiva em casa - tinha vencido o Santos, por 1 a 0 - e deu mais um passo para garantir a permanência na Série A, pois chegou aos 43 pontos, na 10.ª posição, dez na frente do primeiro time dentro da zona de rebaixamento: o Sport, que ainda entra em campo. Já o Cruzeiro vem logo acima, em nono lugar, com os mesmos 43 pontos e uma vitória a mais do que a Ponte Preta: 12 a 11. A equipe de Campinas começou indo para cima e criou a primeira boa chance logo aos dois minutos. Luan arrancou e tocou para Cicinho. O meio-campista invadiu a área pelo lado direito e tentou tocar por cima de Fábio, que fechou bem o ângulo e fez a defesa. Mais preocupado com a marcação, o Cruzeiro foi dominado pela Ponte Preta, que só conseguiu abrir o placar aos 33 minutos. Luan, novamente, fez jogada individual, desta vez pela esquerda, e cruzou. O atacante Roger, que não marcava há três meses, aproveitou falha de Rafael Donato, que saltou e não encontrou nada, e parado, perto da pequena área, cabeceou sem chances para o goleiro Fábio. No segundo tempo, o panorama da partida foi completamente diferente. Celso Roth recheou o time celeste de atacantes - foram quatro no total - e conseguiu ter o controle em campo. Pressionando e aproveitando a queda de produção do adversário, os visitantes fora para cima e tiveram boas chances de marcar com Wellington Paulista e Charles, que pararam nas defesas de Edson Bastos. No final, os donos da casa botaram as coisas no eixo e conseguiram segurar o resultado. Pela 34.ª rodada, a Ponte Preta volta a campo contra o Grêmio, no próximo dia 3, um sábado, às 19h30, no estádio Olímpico, em Porto Alegre. No mesmo dia e horário, o Cruzeiro recebe o Santos, no estádio Independência, em Belo Horizonte. FICHA TÉCNICA PONTE PRETA 1 x 0 CRUZEIRO PONTE PRETA - Edson Bastos; Tiago Alves, Ferron, Cléber e João Paulo (Marcinho); Xaves, Wendel Santos, Cicinho e Nikão (Uendel); Luan (Rildo) e Roger. Técnico: Guto Ferreira. CRUZEIRO - Fábio; Ceará, Thiago Carvalho, Rafael Donato e Everton; Leandro Guerreiro, Charles, Marcelo Oliveira (Élber) e Souza (Fabinho); Martinuccio (Wellington Paulista) e Anselmo Ramon. Técnico: Celso Roth. GOL - Roger, aos 33 minutos do primeiro tempo. CARTÕES AMARELOS - Cicinho, Marcinho, Edson Bastos e Uendel (Ponte Preta); Thiago Carvalho e Fabinho (Cruzeiro). ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO). RENDA - R$ 58.475,00. PÚBLICO - 6.480 pagantes. LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).
continua após publicidade