Esportes

Time do Morumbi só empata, mas avança

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 25 de outubro (Folhapress) - Sem apresentar um futebol que agradasse os 15.208 torcedores que foram ao Morumbi, o São Paulo não passou de um empate por 0 a 0 contra a Liga de Loja, do Equador, pela partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Mesmo assim, o clube brasileiro avançou na competição. Na ida, as duas equipes empataram por 1 a 1, no Equador. O São Paulo se classificou às quartas de final por ter feito um gol fora de casa. Agora, o time paulista espera a atual campeã do torneio, a Universidad de Chile, ou o Emelec, também do Equador, na próxima fase. Sem Luis Fabiano, lesionado, o técnico Ney Franco apostou em Ademilson para formar o trio ofensivo ao lado de Lucas e Osvaldo. O São Paulo dominou a etapa inicial, mas teve dificuldades para entrar na área adversária. A primeira oportunidade foi do lateral esquerdo Cortez, que chutou para fora. Depois, Ademilson girou sobre o zagueiro e finalizou de esquerda. O goleiro Palacios espalmou para escanteio. Em uma jogada parecida, Osvaldo concluiu rente à trave da Liga de Loja, aos 25min. Os mandantes chegaram a pedir dois pênaltis. No primeiro lance, Ademilson driblou o oponente e caiu na área. O árbitro paraguaio Julio Quintana Rodriguez nada assinalou. A segunda jogada foi mais polêmica. O zagueiro Vera, que havia acabado de receber cartão amarelo por uma cotovelada em Ademilson, desferiu outra em Paulo Miranda dentro da área. O árbitro chegou a apontar para a marca do pênalti, mas recuou e deu apenas tiro de meta para a Liga de Loja. A decisão do árbitro revoltou os atletas são-paulinos. Na volta do intervalo, o São Paulo continuava com as mesmas dificuldades. A equipe tentou em chutes de fora da área. O mais perigoso foi dado por Osvaldo, aos 35min. Palácios, mais uma vez, espalmou para escanteio. Ney Franco ainda fez duas alterações para furar o bloqueio do time equatoriano. Sacou Ademilson e Jadson para as entradas de Willian José e Douglas. No fim do confronto, Lucas se estranhou com o volante Larrea. Porém, a confusão foi rapidamente controlada, e o time do Morumbi assegurou a classificação. SÃO PAULO Rogério; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson (Douglas); Lucas, Osvaldo e Ademilson (Willian José). Técnico: Ney Franco LIGA DE LOJA Palacios; Gómez, Vera, Cumbicus e Hurtado; Larrea, Mosquera, Uchuari (Wila) e Feraud; Alcivar e Fabio Renato. Técnico: Paúl Vélez Estádio: Morumbi, em São Paulo Árbitro: Julio Quintana (PAR) Cartões amarelos: Osvaldo, Wellington (S), Alcivar, Vera e Cumbicus (L) Renda: R$ 326.533 Público: 15.208 pagantes  

continua após publicidade