Esportes

Barcos espera ansioso por convocação do Superclássico

Da Redação ·
Diante das ótimas atuações com a camisa palmeirense, o atacante Barcos virou presença frequente nas últimas convocações da seleção argentina. E ele revelou nesta quarta-feira que gostaria de ser chamado novamente para a disputa do Superclássico das Américas, marcado para o dia 21 de novembro, garantindo que uma eventual participação nesse jogo não vai atrapalhar sua performance na luta do Palmeiras para evitar o rebaixamento no Brasileirão. Antiga Copa Roca, o Superclássico das Américas é disputado anualmente e reúne as seleções de Brasil e Argentina em um confronto de ida e volta. Nesta temporada, o primeiro jogo aconteceu no dia 19 de setembro, em Goiânia, e teve vitória brasileira por 2 a 1. O segundo deveria ter sido realizado em 3 de outubro, mas a falta de energia elétrica no estádio da cidade de Resistencia provocou o adiamento para 21 de novembro, agora em Buenos Aires. Barcos disputou o jogo em Goiânia e estava escalado para atuar também em Resistencia. Agora, espera ser chamado novamente pelo técnico Alejandro Sabella para o duelo com o Brasil em Buenos Aires. "Eu quero ir, sim. É minha seleção e representar o meu país é importante para mim", afirmou o atacante, durante o desembarque da delegação palmeirense nesta quarta-feira em São Paulo, após a derrota da noite anterior na Colômbia pela Sul-Americana. Como o Superclássico das Américas foi remarcado para o dia 21 de novembro (uma quarta-feira), data que não tem rodada do Brasileirão - a programação do campeonato prevê partidas no fim de semana anterior e no seguinte -, Barcos disse não ver nenhum problema em atender uma eventual convocação da seleção argentina. "Não tem jogo do Palmeiras no dia. Então, eu vou e volto para jogar. Não tem problema de desgaste", explicou o atacante.
continua após publicidade