Esportes

São Caetano empata com o Ipatinga e não volta ao G4

Da Redação ·
O São Caetano perdeu uma grande oportunidade de reassumir uma vaga no G4 da Série B ao apenas empatar com o Ipatinga, por 1 a 1, nesta terça-feira à noite, no Estádio Anacleto Campanella, pela 32.ª rodada. À tarde, o Atlético-PR também vacilou ao empatar por 1 a 1 com o Guarani, mas mesmo assim se manteve em quarto lugar, com 59 pontos, um a mais do que o São Caetano. Sem tomar conhecimento do favoritismo paulista, o Ipatinga criou as melhores chances e chegou ao gol com Rogélio Ávila. Na segunda etapa, o São Caetano buscou o empate com o zagueiro Wagner. Para o Ipatinga, o empate só aumentou as chances de rebaixamento, já que o time caiu para a lanterna, com 25 pontos. Querendo retomar a vaga no G4, o São Caetano dominou os primeiros 15 minutos, mas abriu muitos espaços para o Ipatinga deixar a partida equilibrada. Os dois times buscaram o ataque e chegaram a abrir o placar, mas tiveram seus gols corretamente anulados. Porém, o Ipatinga ficou mais animado com o gol invalidado e partiu pra cima do São Caetano. Apesar dos três volantes, o Ipatinga era mais objetivo ao ataque e, sendo assim, acabou complicando a vida do São Caetano ainda no primeiro tempo. Aos 26, o volante Max Carrasco puxou o ataque pela esquerda e tocou para Rogélio Ávila. Livre de marcação, o atacante mandou no canto esquerdo do goleiro Luiz para colocar o time mineiro na frente. Na volta para a segunda etapa, o São Caetano soube aproveitar a postura mais ofensiva e conseguiu o empate logo aos 6 minutos. Mas foi setor defensivo quem precisou agir. Após bola alçada na área, o zagueiro Eli Sabiá ajeitou de cabeça para o zagueiro Wagner mandar, também, de cabeça para o fundo das redes. Repetindo os erros da primeira etapa, o São Caetano relaxou a marcação e deu espaços para o Ipatinga garantir a vitória. O goleiro Luiz, porém, precisou mostrar muito serviço para evitar a derrota do São Caetano, que não soube aproveitar a vantagem de jogar com um homem a mais, após a expulsão de Max, e ficou apenas no empate. Para evitar o distanciamento do Atlético-PR, o São Caetano tem a complicada missão de vencer o Vitória, no Barradão, em Salvador, no próximo sábado, às 19h30. Na ponta de baixo da tabela, o Ipatinga tenta evitar o provável rebaixamento contra o CRB, no domingo, no Estádio Ipatingão, às 16 horas. FICHA TÉCNICA: SÃO CAETANO 1 X 1 IPATINGA SÃO CAETANO - Luiz; Samuel Xavier, Wagner, Eli Sabiá e Diego; Marcone (Luciano Mandi), Moradei, Éder e Marcelo Costa; Danielzinho (Geovane) e Leandrão (Somália). Técnico - Emerson Leão. IPATINGA - Helton Leite; Gedeilson, Eron, Max e Edson; Anderson Uchoa, Leandro Brasília (Bruno Batata), Max Carrasco e Bruno; Rogélio Ávila (Márcio Diogo) e Léo (Pedrão). Técnico Eugênio Souza. GOLS - Rogélio Ávila, aos 26 minutos do primeiro tempo, e Wagner, aos 6 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS - Marcone, Marcelo Costa e Augusto Recife (São Caetano); Edson (Ipatinga).

CARTÃO VERMELHO Max (Ipatinga).

RENDA - R$ 3.435,00.

PÚBLICO - 476 pagantes.

LOCAL - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).

continua após publicidade