Esportes

Bellucci vence na estreia e agora vai encarar Federer

Da Redação ·
Embalado pelo vice-campeonato em Moscou no último domingo, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci estreou com vitória no Torneio da Basileia, nesta terça-feira, na Suíça. Ele ganhou de virada do japonês Go Soeda, mas agora terá um desafio extremamente complicado na segunda rodada: enfrenta o suíço Roger Federer nesta quarta. Número 34 do mundo, Bellucci teve nesta terça-feira o seu primeiro confronto no circuito profissional contra Soeda, tenista que ocupa o 56º lugar no ranking. E o brasileiro teve que mostrar um grande poder de recuperação para conseguir vencer o japonês por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/4 e 6/3, em 2 horas e 8 minutos de jogo. Agora, porém, Bellucci terá que enfrentar Federer, que tinha vencido o alemão Benjamin Becker na estreia de segunda-feira. Número 1 do mundo, o suíço joga com o apoio da torcida local e está em busca de seu sexto título na Basileia - já foi campeão em 2006, 2007, 2008, 2010 e 2011, além de ter sido vice em outras três edições. Até agora, Bellucci teve a chance de enfrentar Federer uma única vez no circuito profissional. Foi em março deste ano, nas oitavas de final do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, quando o brasileiro venceu o primeiro set, mas acabou levando a virada e perdeu para o suíço por 2 a 1 (parciais de 3/6, 6/3 e 6/4). Enquanto Federer irá enfrentar Bellucci nesta quarta-feira pela segunda rodada do torneio, a torcida local teve uma decepção nesta terça na Basileia. Número 2 da Suíça e 17 do mundo, Stanislas Wawrinka foi surpreendido pelo russo Nikolay Davydenko e, com a derrota por 7/6 (9/7) e 7/6 (7/3), acabou sendo eliminado logo na estreia. Em outros jogos do dia no Torneio da Basileia, que distribui 1,4 milhão de euros em prêmios, o russo Mikhail Youzhny derrotou o australiano Bernard Tomic por 6/0 e 6/2, o búlgaro Grigor Dimitrov ganhou do sérvio Viktor Troicki por 6/3 e 6/2 e o suíço Marco Chiudinelli venceu o espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 5/7, 6/3 e 6/4.
continua após publicidade