Esportes

Vila Belmiro passa por vistoria e deve ser liberada

Da Redação ·
Depois de ser interditada por tempo indeterminado, a Vila Belmiro passou por vistoria na manhã desta segunda-feira e o relatório do engenheiro Reginaldo Cordeiro deixou o Santos bastante animado. De acordo com o membro da recém-criada Comissão Nacional de Inspeção de Estádios da CBF, o estádio deverá ser liberado. A decisão, no entanto, depende do diretor de competições, Virgílio Elísio, e do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Reginaldo Cordeiro chegou à Vila Belmiro às 11 horas desta segunda e fez uma análise criteriosa do portão 20 do estádio, por onde deverá entrar a ambulância. O engenheiro ainda avaliou se não há nenhum tipo de obstáculo para a entrada do veículo no gramado, o que originou a interdição do local. Na última quarta-feira, durante a partida entre Santos e Atlético-MG, o zagueiro Rafael Marques sofreu um choque na cabeça e caiu desmaiado no gramado. Ele demorou cerca de dez minutos para ser encaminhado a um hospital, justamente porque havia um desnível na entrada do gramado que impedia a entrada da ambulância. No dia seguinte, o Santos já começou uma obra para solucionar este problema, o que, de acordo com Reginaldo Cordeiro, aconteceu. Ele vai enviar o relatório e as fotos do estádio para Virgílio Elísio, que então se reunirá com o STJD para definir se a punição será ou não retirada. Se a decisão, que deve ser tomada nesta terça-feira, for favorável à liberação do estádio, a Vila Belmiro será o palco do confronto entre Santos e Náutico, nesta quinta, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro.
continua após publicidade