Esportes

Luis Fabiano perde pênalti, e time paulista é derrotado no Engenhão

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 21 de outubro (Folhapress) - O artilheiro Luis Fabiano desperdiçou a segunda cobrança de pênalti consecutiva, e o São Paulo acabou derrotado por 1 a 0 pelo Flamengo no estádio Engenhão, na tarde de hoje, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paulista permanece na quarta colocação, com 55 pontos. A equipe carioca subiu para a 13ª posição, com 40, a oito da zona de rebaixamento, que é encabeçada pelo Palmeiras. O São Paulo confiava na sua melhor fase neste Nacional, com uma sequência de quatro vitórias, invicto nas últimas sete partidas e dentro da zona de classificação à Copa Libertadores há duas rodadas. Com cinco jogos de jejum, o Flamengo não vencia há cinco rodadas, com duas derrotas e três empates. No movimentado primeiro tempo, as duas equipes chegaram bem ao ataque. Criaram chances e finalizaram a gol. Aos 25min, zagueiro improvisado na lateral-direita, Paulo Miranda lançou Lucas, que ganhou de Ramon pela direita, saiu na cara de Felipe e chutou para fora. O São Paulo ainda teve uma oportunidade ainda melhor, aos 31min. Luis Fabiano --que havia desperdiçado uma cobrança na vitória por 2 a 0 ante o Atlético Goianiense quinta-feira, chutando no travessão-- bateu no canto esquerdo, mas Felipe foi buscar a bola. Ele nem voltou do intervalo. Sentiu uma fisgada numa das coxas e foi substituído pelo lateral-direito Douglas, que vem atuando como ponta. O Flamengo ficou mais ofensivo com a entrada de Ibson no lugar de Airton, no meio de campo. Mas era pressionado pelos visitantes e só melhorou quando o meia-atacante Adryan, 18, substituiu Wellington Bruno. Foi dele a cobrança de falta que o zagueiro Marcos González desviou de cabeça para fazer 1 a 0, aos 27min. Quarta-feira, no Morumbi, o São Paulo decide vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana contra a LDU de Loja, depois de empatar em 1 a 1 no Equador. Sábado, visitará o Sport. O Flamengo só volta a campo no dia 31, uma quarta-feira, contra o Atlético Mineiro no Independência. FLAMENGO Felipe, Wellington Silva, Renato Santos, Marcos González e Ramon; Aírton (Ibson), Amaral, Renato e Wellington Bruno (Adryan); Vágner Love e Liédson (Hernane). Técnico: Dorival Júnior SÃO PAULO Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortês; Wellington (Cícero), Denílson, Lucas e Jadson (Willian José); Osvaldo e Luis Fabiano (Douglas). Técnico: Ney Franco Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ) Árbitro: Leandro Pedro Vuaden Auxiliares: Autemir Haussmann e Alessandro Rocha de Matos Renda e público: R$ 239.665 e 21.632 pessoas Cartões amarelos: Jadson, Wellington (SP); Amaral (F) Gols: Marcos González, aos 27min do segundo tempo  

continua após publicidade