Esportes

Goiás goleia o Avaí e fica próximo do acesso na Série B

Da Redação ·
A torcida do Avaí foi a única do Brasil que, efetivamente, abriu mão de ver o último capítulo da badalada novela Avenida Brasil para mostrar fidelidade ao seu time nesta sexta-feira. Mas se decepcionou quem foi até o estádio da Ressacada, em Florianópolis, e viu o Avaí ser goleado pelo Goiás por 4 a 1, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A quinta vitória consecutiva deixou o Goiás bem perto de um final feliz. Com 64 pontos, se igualou ao líder Criciúma e só perde a ponta pelo número de vitórias: 20 a 19. O time goiano, portanto, está bem perto de confirmar a sua volta à elite nacional em 2013. Talvez precise de mais três pontos em sete jogos para carimbar o seu passaporte. Do outro lado, a noite enterrou o sonho do Avaí em subir. Com 46 pontos, em sétimo lugar, parece fora da briga. E seus jogadores estão com salários atrasados. Após a derrota para o Atlético Paranaense por 3 a 1, em Curitiba, o Avaí queria a reabilitação diante de seu torcedor, que foi até ao estádio sacrificando o último capítulo da novela "Avenida Brasil". O Goiás, com quatro vitórias consecutivas, só esperava a chance para outra vitória que o deixaria mais perto do acesso para a Série A, em 2013. Sem poder ver a novela, restou aos jogadores buscarem a vitória. O jogo começou movimentado. O Avaí tentou tomar as iniciativas ofensivas, mas o Goiás mostrou mais objetividade. Assim marcou seus dois gols. O primeiro saiu aos 21 minutos, quando Walter fez o levantamento pelo lado esquerdo. A bola cruzou pelo alto a pequena área até que na segunda trave apareceu Renan Oliveira para testar para as redes. O time da casa ainda tentou reagir, mas sofreu o segundo gol aos 32 minutos. Egídio cobrou a falta no lado esquerdo, levantando para a primeira trave. Amaral se antecipou ao goleiro Moretto e desviou de cabeça. O Avaí não se acertou mais em campo. E nos contra-ataques o Goiás continuou criando chances no ataque. Quase ampliou em um chute cruzado de Egídio, que tocou na trave esquerda do goleiro, e depois em um chute à queima roupa de Ricardo Goulart defendido por Moretto. Mas, aos 43 minutos, o Goiás "matou o jogo". Egídio cobrou escanteio no lado direito e Amaral se antecipou na primeira trave para desviar de cabeça. Foi o sexto gol dele, todos de cabeça. Alguns torcedores desceram às arquibancadas, dando pinta de ir para casa ver o final da novela. Nessa altura, a personagem Carminha já tinha confessado ter matado Max, cumprido sua pena na cadeia e já estava de volta ao lixão. O Avaí voltou morto para a etapa final. Fez seu gol de honra aos 29 minutos, quando Evando arriscou de longe, a bola desviou e encobriu o goleiro Harlei. Um minuto depois, porém, Ricardo Goulart fez boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Walter. De chapa de pé e no alto, ele mandou para as redes, fazendo 4 a 1. Depois disso, o Goiás, perto de um final feliz com o acesso em suas mãos, apenas administrou a vitória. Justa e inesquecível por ter acontecido em uma noite especial para a maior parte dos brasileiros que acompanhou a novela mais assistida na televisão dos últimos tempos. A 32.ª rodada será toda realizada na próxima terça, com 10 jogos. O Avaí vai sair contra o Bragantino, em Bragança Paulista, às 21h50. Mais cedo, a partir das 19h30, o Goiás vai receber o ASA, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. FICHA TÉCNICA AVAÍ 1 x 4 GOIÁS AVAÍ - Moretto; Arlan, Rafael, Fred e Aelson (Felipe Alves); Bruno, Mika, Nenê Bonilha e Camilo; Diogo Acosta (Láecio) e Fábio Santos (Evando). Técnico: Argel Fucks. GOIÁS - Harlei; Vítor, Ernando, Valmir Lucas e Egídio (Iarley); Amaral, Thiago Mendes, Ramon (Marcos Paulo), Renan Oliveira; Ricardo Goulart (David) e Walter. Técnico: Enderson Moreira. GOLS - Renan Oliveira, aos 21, e Amaral, aos 32 e aos 43 minutos do primeiro tempo; Evando, aos 29, e Walter, aos 30 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Arlan (Avaí); Amaral (Goiás). ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS). RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).
continua após publicidade