Esportes

Barrichello fica em 15º nos treinos livres da Stock Car

Da Redação ·
Rubens Barrichello terminou o seu primeiro dia de atividades oficiais na Stock Car em 15º lugar nas sessões de treinos livres desta sexta-feira da etapa de Curitiba, a 10ª da temporada 2012, que será realizada neste domingo. Ricardo Zonta, um outro ex-piloto da Fórmula 1, foi o mais rápido do dia, com a marca de 1min20s362. Na segunda sessão desta sexta-feira em Curitiba, Barrichello registrou a marca de 1min20s962 na sua melhor volta. O tempo lhe deixou em 13º lugar na atividade e em 15º na classificação geral. Assim, ele também foi mais rápido do que Xandinho Negrão, seu companheiro na equipe na Medley/Full Time, que terminou apenas na 23ª posição. O desempenho foi bem superior ao do primeiro treino livre, quando Barrichello ficou apenas em 25º lugar. Assim, ele fez um balanço positivo do seu desempenho. "Hoje pela manhã a gente não fez a avaliação do carro no seco, mas foi ótimo para aprender caso venha a chover amanhã. Acho que o resultado geral foi positivo. Estamos por volta de meio segundo atrás do líder, mas tem algumas coisinhas que dá para mexer no carro e ainda preciso me ambientar mais. A Stock Car é muito competitiva e vamos ter de achar uns dois ou três décimos para ficar provavelmente entre os 12 mais rápidos da categoria", analisou. Barrichello não teve muito tempo para se adaptar ao carro da Stock Car. Ele fez um teste exclusivo na segunda-feira e na quinta pilotou por pouco menos de 30 minutos no treinos de avaliação do novo banco de fibra de carbono. Apesar das dificuldades, ele garantiu que já está se divertindo na categoria. "Eu ainda guio este carro como se estivesse um pouco apressado. Chego um pouco lento, freio um pouco dentro demais. Tenho de respirar e ver o que o carro oferece para mim. Por enquanto está sendo um grande barato. O problema é que é um negócio muito competitivo, em um décimo tem uma pancada de gente", disse. A adaptação ao cockpit fechado, que deixa a visibilidade reduzida, é uma das dificuldades enfrentadas por Barrichello. "Ainda tenho dificuldade para saber o quão perto está um companheiro. É muito difícil saber se ele está a um carro, dois carros, se está colado. Essa foi minha maior preocupação, não atrapalhar ninguém", explicou. Mais rápido da sexta-feira em Curitiba, Zonta foi seguido por Átila Abreu, que terminou o dia na segunda colocação, 0s020 mais lento do líder, com o tempo de 1min20s382. Diego Nunes ficou em terceiro lugar, Valdeno Brito terminou na quarta posição e Daniel Serra garantiu a quinta colocação. Líder do campeonato, Cacá Bueno ficou apenas em nono lugar. Barrichello ficou por 19 temporadas na Fórmula 1 e disputou neste ano o seu primeiro campeonato na Fórmula Indy, em que terminou na 12ª colocação. Antes de confirmar a participação na etapa de Curitiba, ele já havia garantido presença na Corrida do Milhão, que encerrará a temporada, no circuito de Interlagos, em São Paulo, no dia 9 de dezembro. A tendência é que ele também esteja na outra prova restante da Stock Car neste ano, que será entre as duas e está marcada para o dia 11 de novembro, em Brasília. A sessão de classificação para a etapa de Curitiba da Stock Car será disputada neste sábado, a partir das 12h10. A largada da corrida no domingo está prevista para as 9h35.
continua após publicidade