Esportes

Batido pelo Náutico, Atlético-MG perde chance de liderar

Da Redação ·
Mesmo contando com Bernard e Ronaldinho, que eram dúvida até minutos antes da partida, o Atlético-MG perdeu, neste domingo, ótima chance de reassumir a liderança do Campeonato Brasileiro. No Recife, a equipe mineira visitou o Náutico e acabou derrotada por 1 a 0, em jogo válido pela 25.ª rodada. No sábado, o líder Fluminense também perdeu, para o lanterna Atlético-GO. Com a derrota, o Atlético Mineiro segue a dois pontos do Fluminense: 51 a 53, mas ainda tem um jogo a menos, adiado contra o Flamengo. Já o Náutico respirou contra o rebaixamento, chegando a 31 pontos, por enquanto no 12.º lugar. O JOGO - Sem demonstrar intimidação diante do vice-líder do Brasileirão, o Naútico se mostrou disposto no ataque desde o início da partida, quando Rhayner jogou para cima do gol logo no primeiro minuto. A pressão continuou e, aos 7 minutos, Douglas Santos chutou com firmeza do lado esquerdo da área, com bola alta demais. Embora tenha impedido a ofensiva do Náutico, o Atlético Mineiro não mostrou reação. Foram três finalizações contra 12 dos pernambucanos no primeiro tempo. O gol do Náutico veio aos 3 minutos do segundo tempo, com uma cobrança de falta de Souza. A falta foi cometida por Júnior Cesar em Elicarlos na entrada da área. Em meio à vibração da torcida, o Atlético rapidamente passou a trocar passes e investiu no ataque, sem conseguir espaço. Aos 17 minutos, Bernard recebeu passe pela esquerda, chutou cruzado alcançando a rede pelo lado de fora. Aos 22 minutos, Victor derrubou o atacante Araújo e o juiz marcou pênalti. O mesmo atacante bateu para defesa do goleiro. Animado com a defesa de Victor, o Atlético se animou e voltou a partir para o ataque, sem sucesso. Ronaldinho, aos 39 minutos, cobriu falta na entrada da área e fez a bola passar rente ao travessão. Dois minutos depois, Rogério ficou cara a cara com o goleiro Victor, e desperdiçou nova chance de alargar o placar. FICHA TÉCNICA: NÁUTICO 1 X 0 ATLÉTICO-MG NÁUTICO - Gideão; Alessandro, Alemão, Ronaldo Alves e Douglas Santos (João Paulo); Elicarlos, Josa, Souza (Alison) e Rhayner; Araújo (Dadá) e Rogério. Técnico - Alexandre Gallo. ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Rafael Marques, Réver e Júnior César (Richarlyson); Pierre, Leandro Donizete, Danilinho (Escudero), Ronaldinho e Bernard; Leonardo (Neto Berola). Técnico - Cuca. GOL - Souza, aos três minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues Guerra (SP).

CARTÕES AMARELOS - Rafael Marques, Júnior Cesar, Alemão, Marcos Rocha, Victor e Douglas Santos.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio dos Aflitos, em Recife (PE).

continua após publicidade