Esportes

Coritiba ganha, reage no Brasileiro e afunda Atlético-GO

Da Redação ·
O Atlético Goianiense voltou a perder, desta vez para o Coritiba por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time goiano, com 17 pontos e há seis jogos sem vencer, segue abandonado pela torcida, nocauteado em campo e na lanterna. A equipe paranaense, com 28 pontos, se distanciou da zona de rebaixamento. No jogo de pior público da competição (697 testemunhas), a velocidade foi determinante para as duas equipes, que buscaram a vitória em jogo tenso. Logo aos 26 segundos, o Coritiba abriu o placar. Deivid lançou para Robinho, que dominou na área, bateu no canto e fez o segundo gol mais rápido do Brasileirão. O vacilo da zaga desconcertou o Atlético por alguns minutos e a reação veio rápida. Aos 6 minutos, Patrick pegou cruzamento de Alexandre Oliveira, bateu à queima-roupa e o goleiro Vanderlei defendeu. Aos 10, veio o empate. Ernandes cruzou, Patrick subiu mais que a zaga e marcou de cabeça. A igualdade no placar acomodou as equipes, que marcaram, tocaram a bola e perderam a ousadia. "Retomamos as ações após o gol rápido; mas o time do Coritiba é muito bom", disse o goleiro Márcio no intervalo. "O que aconteceu foi que entramos desatentos, mas com o empate deu pra compensar tudo", disse Patrick. No segundo tempo, porém, o Atlético recuou, abaixou a cabeça e mostrou ao técnico Arthur Neto, que estreou no comando, porque erra tanto nos passes e não tem forças para reagir. Já o Coritiba melhorou o segundo passe e abriu espaço para os contra-ataques. Logo no primeiro minuto, Everton Ribeiro pegou rebote de Márcio e mandou para fora. Aos 14, Deivid não perdoou outra falha da zaga do Atlético e marcou o seu primeiro gol no time paranaense - bateu de primeira no canto esquerdo de Márcio. Pela 25.ª rodada, no sábado (15), o Atlético enfrenta o líder Fluminense, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). O Coritiba recebe o Santos, no domingo, às 16 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. FICHA TÉCNICA ATLÉTICO-GO 1 x 2 CORITIBA ATLÉTICO-GO - Márcio; Marcos, Gustavo, Reniê e Eron; Dodó, Marino, Ernandes (Diogo Campos) e Alexandre Oliveira (Vanderley); Danilinho (Wesley) e Patrick. Técnico: Arthur Neto. CORITIBA - Vanderlei; Ayrton, Escudero, Demerson e Eltinho; Everton Costa (Ruidiaz), William Farias, Gil (Chico) e Robinho (Thiago Primão); Everton Ribeiro e Deivid. Técnico: Marquinhos Santos. GOLS - Robinho, aos 26 segundos, e Patrick, aos 10 minutos do primeiro tempo; Deivid, aos 14 minutos do segundo tempo. CARTÕES AMARELOS - Danilinho e Wesley (Atlético-GO); William Faria e Demerson (Coritiba). ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG). RENDA - R$ 14.225,00. PÚBLICO - 697 pagantes. LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).
continua após publicidade