Esportes

Clube terá renda penhorada para pagar dívida com investidor

Da Redação ·





Por Bernardo Itri

SÃO PAULO, SP, 11 de setembro (Folhapress) - O Santos terá 20% de suas receitas com bilheteria, patrocínios ou de qualquer crédito penhoradas para pagar uma dívida com o grupo DIS, representante de Ganso.

Todas essas receitas serão usadas para pagar uma dívida do clube com a empresa no valor de R$ 5,5 milhões. A dívida é referente ao percentual que o DIS tinha dos direitos econômicos de Wesley, vendido ao Werder Bremen em 2010 e hoje no Palmeiras.

Em dezembro de 2010, a DIS conseguiu reverter decisão judicial favorável ao Santos. Com isso, obrigou o time da Vila Belmiro a repassar 2,5 milhões de euros [pouco mais de R$ 5,5 milhões] referentes à venda de Wesley -o DIS tinha 25% dos direitos sobre o volante.

Logo após a venda do jogador para o futebol alemão, a DIS recebeu uma carta do clube dizendo que o valor não seria pago. O Santos alega que a compra da porcentagem pela DIS foi realizada na gestão de Marcelo Teixeira e que o contrato é questionável.

No início deste ano, o Palmeiras contratou o jogador, que pouco atuou pelo clube. Em abril, o volante passou por uma cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado do seu joelho direito.
 

continua após publicidade