Esportes

Time mineiro vence e amplia crise alviverde

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 9 de setembro (Folhapress) - O Palmeiras foi derrotado pelo vice-líder Atlético-MG por 3 a 0, no Independência, hoje, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time paulista estacionou nos 20 pontos e está a cinco do Coritiba -primeiro clube fora da zona de descenso. Já o Atlético-MG soma 48 pontos, contra 50 do líder Fluminense.

O técnico palmeirense Luiz Felipe Scolari não pôde contar com o atacante Barcos, convocado para a seleção argentina, e o volante Henrique, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Correa jogou no meio de campo, enquanto Obina e Luan formaram a dupla ofensiva.

Já Cuca teve a volta de Ronaldinho no ataque, ao lado de Guilherme e Bernard. Réver, a serviço da seleção brasileira, foi substituído por Rafael Marques.

Na primeira etapa, as duas equipes pouco produziram. Aos 20min, o atacante Obina chegou a marcar para o Palmeiras, mas ele estava em posição irregular.

No segundo tempo, o treinador atleticano deixou o time mais ofensivo. O volante Leandro Donizete cedeu lugar ao meia Escudero. O centroavante Leonardo também entrou no duelo. O apagado Danilinho deixou a partida.

Aos 8min, as modificações deram resultado. Bernard chutou cruzado e Bruno espalmou para escanteio. Na cobrança, Ronaldinho colocou na cabeça do zagueiro Léo Silva. Livre, ele concluiu no canto direito da meta de Bruno. Atlético-MG 1 a 0.

Scolari tentou responder com o veloz Maikon Leite na vaga do improdutivo Tiago Real. Márcio Araújo ganhou uma chance no meio de campo. Correa passou a atuar na lateral direita.

A equipe paulista começou a pressionar os mandantes. Mas sem inspiração, não conseguia criar oportunidades. O chileno Valdivia esteve sumido no confronto.

Cuca fechou o seu time com o volante Serginho no lugar do atacante Guilherme.

Aos 38min, Leonardo deixou Bernard livre na área. A revelação atleticana finalizou na saída de Bruno e ampliou a vantagem mineira.

O Palmeiras teve duas chances para diminuir o prejuízo. Victor fez duas belas defesas e salvou os mandantes.

Já aos 47min, Leandro Amaro e Bruno vacilaram, Bernard aproveitou, driblou o goleiro e definiu o marcador.

Na próxima rodada, o Palmeiras visita o Vasco. Já o Atlético-MG pega o São Paulo, também fora de casa.



ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rafael Marques e Junior Cesar; Pierre, Leandro Donizete (Escudero), Danilinho (Leonardo) e Ronaldinho Gaúcho; Bernard e Guilherme (Serginho). Técnico: Cuca



PALMEIRAS

Bruno; Artur (Márcio Araújo), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Juninho; Correa, João Vitor (Patrik), Tiago Real (Maikon Leite) e Valdivia; Luan e Obina. Técnico: Luiz Felipe Scolari



Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden

Cartões amarelos: Guilherme, Pierre (A), Thiago Heleno, Valdivia e Artur (P)

Gols: Leonardo Silva, aos 7min, e Bernard, aos 38min e aos 47min do 2º tempo
 

continua após publicidade